FREE O Futuro é Grátis http://www.vascomarques.net

Estratégia que pode ser essencial para a sobrevivência. A economia pode ser construída à volta do "grátis" e como isso influenciará a nossa vida. Origem em A Cauda Longa, economia da abundância. Nunca existiu uma economia concebida a pensar na noção de "grátis“, como se pode fazer dinheiro desta forma e quais as suas implicações. Uma ideia radical para a nova economia global, com preço revolucionário com benefício dos consumidores e das empresas. Mais info em: http:...

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
FREE O Futuro é Grátis http://www.vascomarques.net por Mind Map: FREE  O Futuro  é Grátis http://www.vascomarques.net

1. 6 - A informação quer ser grátis

1.1. A história de uma frase que definiu a era digital

1.2. A informação que pode ser reproduzida e distribuída a um custo marginal baixo, precisa de ser grátis

1.3. A informação com custos marginais altos, precisa de ser cara

2. 7 - Concorrer com o Grátis

2.1. Cópia pirata do Windows

2.2. Os ataques dos pinguins

2.3. Desmonetização

2.4. A história do Google

2.5. Estratégias de maximização

2.6. Um grande ruído de sucção

3. 8 - Os novos modelos dos media

3.1. Os media grátis não é novo

3.2. O fim do conteúdo pago

3.3. A publicidade não pode financiar tudo

3.4. O Google não vende espaço, vende as intenções dos utilizadores

3.5. O triunfo do modelo dos media

4. 9 - Qual é a dimensão da economia Grátis?

4.1. 300 mil milhões de dólares

4.2. O grátis é do tamanho de um país, quem nem se quer é dos mais pequenos

5. 10 - Imaginar a abundância

5.1. Somos motivados pelo que não temos

6. 11 - Grátis numa época de crise económica

6.1. Para um consumidor o grátis é muito mais atractivo numa economia em baixa

6.2. Acelera a mudança para Open Source

6.3. Problema dos anúncios

6.4. O grátis pode ser o melhor preço, mas não pode ser o único

7. 12 - Regras do Grátis

7.1. Os 10 princípios do pensamento da abundância

8. 13 - As tácticas do Freemium

8.1. Modelo Freemium

8.1.1. Limitação de tempo (trial)

8.1.2. Limitação de características

8.1.3. Limitação de lugares

8.1.4. Limitação do tipo de cliente

8.2. 5% a 10% de conversão é o ideal.

8.3. Qual é o valor de um cliente gratuito

9. 5 - Barato de mais para ter importância

9.1. O preço caiu para o custo marginal

9.2. A Lei de Say determinada que a oferta determina a sua procura

9.3. tendências de fixação de preço a longo prazo são determinadas pela própria tecnologia

10. 4 - A psicologia do Grátis

10.1. A diferença de 1 cêntimo

10.2. A curva da procura e da oferta. Existem dois mercados: o grátis e todo o resto.

10.3. Não há custo, não há compromisso

10.4. A equação tempo dinheiro

10.5. Modelo de negócio simples construído com base no grátis

10.6. Uma versão grátis e código aberto

10.7. Desejo mimético

10.8. O grátis aliado ao pago pode alastrar-se a toda a psicologia do consumismo

10.9. Cérebro de pirata

11. 3 - A história do Grátis

11.1. Tipos de grátis:

11.1.1. Subsídios cruzados directos

11.1.2. O mercado das 3 partes

11.1.3. Freemium

11.1.4. Mercados não monetários

11.2. O capitalismo e os seus inimigos

11.3. O primeiro almoço grátis

11.4. A Era da abundância

11.5. A abundância vence

12. 2 - O básico de Free

12.1. Uma ampla gama de significado e modelos de negócios

12.2. Subsídios cruzados – não há almoços grátis!

13. 1 - O nascimento do Grátis

13.1. Gelatina 1895

13.2. O grátis no séc. XXI.

13.3. Processamento+Armazenamento+Largura de banda= deflação 50% ano