Sexo, Viagens e RocknRoll - Como Trocamos Trabalho por Acomodação ao Redor do Mundo

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Sexo, Viagens e RocknRoll - Como Trocamos Trabalho por Acomodação ao Redor do Mundo por Mind Map: Sexo, Viagens e RocknRoll - Como Trocamos Trabalho por Acomodação ao Redor do Mundo

1. Base

1.1. Use suas habilidades

1.2. Viaje o mundo

1.3. Aprofunde-se na cultura, culinária

1.4. Como contribuir

1.4.1. Recpcionista

1.4.1.1. Check in e check out de hóspedes, ajuda em geral no balcão

1.4.2. Fotógrafo

1.4.3. Limpeza

1.4.3.1. Arrumar lençóis, checar banheiros

1.4.4. Blogueiro

1.4.4.1. Interações, divulgações, anúncios do local

1.4.5. Barista

1.4.5.1. Fazer café, refeições

1.4.6. Grafiteiro

1.4.6.1. Use sua arte para contribuir com decoração de ambientes, pintura

1.4.7. Agitador de festa

1.4.7.1. Pessoas extrovertidas que divirtam os guests

1.4.8. Quebra-galho

1.4.8.1. Ajudar a fazer reparos gerais

1.4.9. Guia turístico

1.4.9.1. Mostre a cidade para os guests do estabelecimento

1.4.10. Atividades físicas

1.4.10.1. Dê aula de surf, ginástica etc para os alunos

2. Plataformas

2.1. Mantenha-se seguro e com a certeza de que está fechando um negócio sério

2.2. Trabalho em troca de acomodação

2.2.1. WorldPackers

2.2.1.1. Plataforma brasileira

2.2.1.2. Cheque o perfil do local para onde quer ir e veja fotos e mapas

2.2.1.3. Focada para trabalhos em hotéis, guesthoueses, e hostels

2.2.1.4. 98 países

2.2.1.5. Taxa de US$ 50 para cada aplicação fechada

2.2.2. Workaway

2.2.2.1. Fazendas, projetos com barcos, ONGs, voluntariado

2.2.2.2. 155 países - mais de 20 mil oportunidades

2.2.2.3. Confira review dos outros viajantes

2.2.2.4. Taxa de US$ 20 anual

2.2.3. WWOOF

2.2.3.1. Permacultura, fazendas orgânicas, cuidados e tratamentos de animais..

2.2.3.2. 11 mil oportunidades

2.2.3.3. Taxa diferente entre os países

2.2.4. Helpx

2.2.4.1. Similar ao WorldPackers e Workaway

2.3. Cuidados com animais/casa em troca de acomodação

2.3.1. Pet sitting e house sitting

2.3.1.1. Trusted Housesitting

2.3.1.2. Mind my House

2.3.1.3. HouseCarrers

2.4. AIESEC

2.4.1. Ofereça habilidades em troca de intercâmbio ou acomodação

2.4.1.1. O Fabio utilizou nas primeiras viagens

2.5. A ideia principal das plataformas é favorecer as relações humanas sem ter o dinheiro como o benefício principal.

2.5.1. Para buscar a melhor plataforma, pense no foco da sua viagem e busque pela que mais se adequar com o perfil que escolheu

2.5.1.1. Planeje sua viagem com antecedência e estude bastante no seu país de destino

3. Contato com o Host

3.1. Não mande mensagens muito longas, mas conte quais são suas expectativas e como pode ajudar o estabelecimento

3.2. Pergunte sobre as suas tarefas

3.2.1. O que você vai fazer no dia a dia

3.2.2. Quem vai te treinar?

3.3. Pergunte se alguma refeição está inclusa

3.3.1. Ou se tem algum desconto nas refeições feitas no local

3.4. Onde vai dormir?

3.4.1. É quarto compartilhado? Quase sempre o banheiro e a cozinha são!

3.5. Quantas horas por dia e quantos dias da semana tem de folga?

3.6. Quanto tempo vai ficar neste local ajudando

3.7. Endereço e localizações

3.8. Você também pode marcar uma conversa pelo Skype, para saber com quem você estará lidando

4. Andira <3 Fabio

4.1. Viajam desse jeito há mais de 2 anos

4.2. Foco em albergues e criaram uma carreira na área de hospitalidade

4.2.1. Agora trabalham como consultores no ramo

5. Planejamento

5.1. Avalie se seu nível de inglês é suficiente para tarefas básicas do dia a dia

5.2. Tente aprender algumas palavras do idioma do local onde vai estar

5.2.1. Para trabalhos voluntários, não saber nada do idioma ou inglês pode limitar muito o seu trabalho

5.3. Leve a América Latina em cosideração se tem dificuldades no idioma

5.4. Lembre-se de que mesmo que a Europa seja um dos destinos mais desejados, também é um dos mais caros

5.5. A Ásia é uma das regiões mais baratas de de viajar

5.6. Mesmo que poupando com acomodação, você precisa pagar suas próprias passagens, higiene pessoal, alimentação etc.

5.7. Um mês é o tempo ideial tanto para os contratantes como para quem trabalha

5.7.1. Portanto, planeje-se para viajar bastante

6. Permissões

6.1. Você não terá nenhum problema com a imigração na hora de entrar em um novo país

6.1.1. Portanto, apresentar um visto de turista é o suficiente

6.1.1.1. O visto é de sua responsabilidade

6.2. Estudo o país para onde vai e pesquise se precisa de vacinas ou regras específicas

6.3. Tenha sempre seus documentos em dia e pelo menos um telefone de contato do lugar para onde está indo

6.4. Seja sempre educado com oficiais da imigração e tenha conhecimento de como funciona o visto para brasileiros

7. Dicas de Economia

7.1. Compre passagens com dois meses se diferença

7.1.1. Skyscanner ou sites das cias aéreas

7.1.2. Use a página incógnito para não sofra alterações de preços devido ao uso de cookies

7.1.3. Ryanair - Europa

7.1.4. AirAsia - Ásia

8. Perfil

8.1. Adicione uma foto que mostre seu rosto

8.2. Descreva sobre suas experências anteriores e como pode contribuir

8.3. Que idiomas você sabe? Conte também

8.4. Estudos e onde já trabalhou

9. Prós e Contras

9.1. Prós

9.1.1. Economia

9.1.2. Mais tempo em um só lugar

9.1.2.1. Imersão na cultura e nos costumes locais

9.1.3. Diferentes oportunidades

9.1.4. Planejamento da viagem

9.1.5. Diminuir o ritmo

9.2. Contraas

9.2.1. Privacidade

9.2.1.1. É provável que sempre divida dormitórios e banheiros

9.2.2. Rotina

9.2.3. Trabalho voluntário não remunerado

9.2.4. Horários e tarefas

9.2.5. Vontade de viajar

9.2.5.1. Você deve cumprir o trabalho combinado e não pode simplesmente sair para viajar antes de acabar o que combinou

10. Profissões

10.1. Esse tipo de trabalho não remunerado pode servir bem para quem tem/é

10.1.1. Freelance

10.1.2. Blogueiro

10.1.3. Consultoria