Personal Learning Enviroments (PLE).

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Personal Learning Enviroments (PLE). por Mind Map: Personal Learning Enviroments (PLE).

1. Siemens (2007).

1.1. PLEs não constituem uma entidade, um objeto estrutural ou um programa informático no sentido de um sistema de gestão de conteúdos.

2. Wilson (2008).

2.1. PLE não é um pedaço de software,Caracteriza-se por um ambiente onde pessoas, ferramentas, comunidades e recursos interagem de uma forma livre.

3. Attwell e Costa (2008).

3.1. PLE pode ser representado como a tecnologia, incluindo aplicações e serviços, o mais importante é a ideia de apoiar a aprendizagem individual e de grupo com base em múltiplos contextos e de promover aluno autonomia e controle.

4. Anderson (2007).

4.1. A PLE é uma interface web para aprendizagem em ambiente digital.

5. Mediavilla (2011).

5.1. PLE não é um serviço da internet, nem um novo software, nem uma forma de ensinar. O PLE permite que as pessoas possam criar seus próprios objetivos de aprendizagem através de estruturas não formais. Tais ambientes são construídos de forma pessoal, ou seja, cada pessoa elabora seu ambiente conforme suas escolhas, gosto e interesse, não existindo um caminho a ser seguido.

6. Stephen Downes (2007).

6.1. Dentro desse conjunto de definições, que representa apenas uma essência do conceito de PLE(...)pontua que a questão fundamental na aprendizagem não é a motivação, mas sim o sentimento de posse e ou controle que o indivíduo experimenta quando a aprendizagem é centrada nos seus interesses e necessidades e, de certa forma, lhe pertence. Para o autor a aprendizagem é imersiva, pautada no aprender fazendo e ocorre através da prática, do diálogo e da interação com os outros e em redes. Nesse sentido é o indivíduo que constrói o seu próprio espaço de aprendizagem.

7. É nesse ambiente de convergência, pautados pelas mudanças sociais e culturais provocadas pelo desenvolvimento tecnológico, conhecido como a Web 2.0, e que proporcionaram um forte impacto na educação e na concepção da aprendizagem, desafiando os alunos a construírem seus próprios conhecimentos e emancipatoriamente organizarem sua aprendizagem, que surge o PLE

7.1. O que é Aprender?

7.1.1. Ferreira (1995, p. 54)

7.1.1.1. aprender é “tomar conhecimento, reter na memória, tornar-se apto ou capaz de alguma coisa em consequência do estudo, da observação, da experiência”....Aprender envolve os aspectos físicos, intelectuais, emocionais, ou seja, o ser humano como todo. Inclui os conhecimentos, habilidades e atitudes, é dinâmico e cumulativo, onde o estudante aprende fazendo e desta forma, estabelece novos padrões de comportamento com o acúmulo das experiências. É contínuo, pois se processa do nascimento até a morte e, é também, um processo pessoal, pois a aprendizagem é intransferível.

7.1.2. Mota (2009, p.92).

7.1.2.1. ressalta a existência de duas tendências fundamentais, que estão a dominar o processo ensino-aprendizagem no que tange a introdução das tecnologias na educação: Por um lado no campo da educação, a ênfase crescente para ir além da mera aquisição de conhecimento e de informação e almejar o desenvolvimento dos recursos e competências necessários para aprendermos ao longo da vida e por outro, no campo da tecnologia, a proliferação de tecnologias que permitem criar recursos e comunidades em que os indivíduos se juntam para aprender, colaborar e construir conhecimento.

7.1.3. Ambiente(2012).

7.1.3.1. A aprendizagem é um processo de construção de relações, em que o aprendiz como ser ativo, na interação com o mundo, é o responsável pela direção e significado do aprendido.

8. O emprego do PLE pelos professores deve alterar sua concepção de aprendizado, proporcionando um reelaborar constante de sua prática, mediante atualização contínua de sua área de formação, ou até em novas áreas do conhecimento, potencializando a apropriação e o acompanhamento de novas tecnologias e abordagens metodológicas e estimulando a participação em ambiente de colaboração e reflexão.