Livro de Obadias

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Livro de Obadias por Mind Map: Livro de Obadias

1. Autor:

1.1. Obadias

2. Significado:

2.1. Servo ou Adorador de Joeavá

2.2. Seu nome não é mencionado em nenhuma genealogia e não é encontrado qualquer informação sobre ele nos escritos do Velho e do Novo Testamentos

3. Esboço do Livro

3.1. Destruição de Edon

3.1.1. de 1 a 15

3.2. Restauração de Judá

3.2.1. de 15 a 21

4. Edom

5. Contexto

5.1. Obadias faz referência a um saque a Jerusalém

5.1.1. Há quatro registros de saques a Jerusalém

5.1.1.1. 1. Durante o reinado de Jeorão (848-841 a.C.)

5.1.1.1.1. Filisteus e Arábios - II Cr 21.16,17

5.1.1.2. 2. Durante o reinado de Amazias (796-796 a.C.)

5.1.1.2.1. Israel, Reino do Norte - II Cr 25.23,24

5.1.1.3. 3. Durante o reinado de Acaz (732-716 a.C.)

5.1.1.3.1. Israel e Assíria - II Cr 28.16-21

5.1.1.4. 4. Durante o reinado de Zedequias (597-586 a. C.)

5.1.1.4.1. Babilônia - II Cr 36.11-21

6. A Origem da Mágoa

6.1. A gestação

6.1.1. Gênesis 25.21-23

6.2. O parto

6.2.1. Gênesis 25.24-26

6.3. A perda da primogenitura

6.3.1. Gênesis 25. 29-34

6.4. A falha dos pais na criação

6.4.1. Gênesis 25.28

6.5. O usurpador

6.5.1. Gênesis 27.30-38

7. A mágoa transformada em rancor por gerações

7.1. Rancor é o resultado de um ódio profundo e secreto, causado por forte motivo.

7.2. O problema entre Jacó e Esaú, transformado em ódio, atravessou as gerações até aos dias de Obadias.

7.3. O rancor deu origem a violência, traição, oportunismo, roubo, apropriação indébita e morte.

7.4. Obadias 10-18

8. A falsa impressão de impunidade

8.1. Fortalezas Intransporníveis

8.1.1. Obadias 3-9

9. A lei da natural da semeadura e da colheira

9.1. Obadias 15, 16

10. A restauração de Judá

10.1. Das terras e das fronteiras

10.1.1. Obadias 17, 19-21

11. Conclusão

11.1. 1. A raiz de amargura que se instalou no coração de Esaú contra seu irmão Jacó alcançou gerações, chegando ao cúmulo dos edomitas sentirem prazer no sofrimento e dor de uma nação coirmã.

11.2. 2. O que o homem semear, isso também ceifará

11.3. 3. Deus não deixe impune o sofrimento injustamente impingido sobre outrem

11.4. 4. Até que Jesus volte, há promessa de restauração para aquele que se arrepende.