Gramática Básica

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Gramática Básica por Mind Map: Gramática Básica

1. nas expressões que se seguem aos verbos dizer, retrucar, responder (e semelhantes) e que encerram a declaração textual, ou que assim jul- gamos, de outra pessoa

2. A redação oficial separa os diversos itens de um considerando, lei ou outro documento.

3. Separa as adversativas em que se quer ressaltar o contraste.

4. Num trecho longo, onde já existam vírgulas, para enunciar pausa mais forte. Ex: (L1P13)"A casa escura, triste; as pessoas tristes."

5. enumeração, explicação, notícia subsidiária

6. nas expressões que, enunciadas com entonação especial, sugerem, pelo contexto, causa, explicação ou consequência Ex: (L6P2)"Não guardei ódio a minha mãe: o culpado era o nó."

7. nas expressões que apresentam uma quebra da sequência das ideias

8. Vocábulos de mais de uma sílaba

9. Levam acento agudo ou circunflexo os oxítonos terminados em: a) – a, – as: cajás, vatapá, ananás, carajás; b) – e, – es: você, café, pontapés; c) – o, – os: cipó, jiló, avô, carijós; d) – em, – ens:                            também, ninguém, vinténs, armazéns.

10. Oxítonos (ou agudos)

11. Paroxítonos (ou graves)

12. Levam acento agudo ou circunflexo os paroxítonos terminados em: a) – i, – is: b) – us: c) – r: d) – l: e) – x: f) – n: acento); g) – um, – uns: h) – ão, ãos: i) – ã, – ãs: j) – ps: k) – on(s):

13. Levam acento agudo ou circunflexo todos os proparoxítonos: cálido, tépido, cátedra, sólido, límpido, cômodo.

14. Proparoxítonos

15. Levam acento agudo ou circunflexo os monossílabos terminados em: a) – a, – as: já, lá, vás;120/854 b) – e, – es: fé, lê, pés; c) – o, – os: pó, dó, pós, sós.

16. Para desfazer possível má interpretação resultante da distribuição irregular dos termos da oração, separa-se por vírgula a expressão deslocada.

17. Para assinalar a interrupção de um seguimento natural das ideias e se intercala um juízo de valor ou uma reflexão subsidiária.

18. Para indicar, às vezes, a elipse do verbo.

19. para separar as conjunções e advérbios adversativos (porém, todavia, contudo, entretanto), principalmente quando pospostos. Ex:(L3P1)"Certamente já me havia feito representar esse papel, mas ninguém me dera a entender que se tratava de julgamento."

20. Para separar as partículas e expressões de explicação, correção, continuação, conclusão, concessão.

21. Para separar, nas datas, o nome do lugar.

22. Para separar, em geral, adjuntos adverbiais que precedem o verbo e as orações adverbiais que vêm antes ou no meio da sua principal.

23. Para separar as orações intercaladas.

24. Para separar, quase sempre, as orações adjetivas explicativa de certa extensão, principalmente quando os verbos de duas orações diferentes se juntam. Ex:(L4P2)"Minha avó, que nos visitava, condenou o procedimento..."

25. Para separar as orações com aposto. Ex: (L2P1)"Eu devia ter quatro ou cinco anos, por aí, e figurei na qualidade de réu."

26. Para separar ou intercalar vocativos; nas cartas a pontuação é vária (em geral, vírgula), e na redação oficial usam-se dois pontos.

27. Para separar, em geral, os pleonasmos, e as repetições (quando não têm efeito superlativamente)

28. Nas aposições, exceto no especificativo.

29. Para separar orações coordenadas alternativas (ou, quer, etc), quando proferidas com pausa.

30. Para separar orações coordenadas aditivas ainda que sejam iniciadas pela conjunção e, proferidas com pausa. Ex(L4P1) "Batiam-me porque podiam bater-me, e isso era natural." exemplos

31. Para separar termos coordenados, ainda quando ligados por conjunção (no caso de haver pausa). Ex: (L1P3)"Paredes extraordinariamente afastadas, rede infinita, os armadores longe, e meu pai acordado, levantando-se de meu humor, batendo com os chinelos no chão, a cara enferrujada "

32. Ponto

33. Interrogação

34. Exclamação

35. Reticências

36. Parênteses e colchetes

37. Aspas

38. Asterísco

39. O asterisco (*) é colocado depois e em cima de uma palavra do trecho para se fazer uma citação ou comentário qualquer sobre o termo ou o que é tratado no trecho (neste caso o asterisco se põe no fim do período).

40. As aspas também são empregadas para dar a certa expressão sentido particular (na linguagem falada é em geral proferida com entoação especial) para ressaltar uma ex- pressão dentro do contexto ou para apontar uma palavra como estrangeir- ismo ou gíria:

41. Os parênteses assinalam um isolamento sintático e semântico mais completo dentro do enunciado, além de es- tabelecer maior intimidade entre o autor e o seu leitor.

42. Denotam interrupção ou incompletude do pensamento (ou porque se quer deixar em suspenso, ou porque os fatos se dão com breve espaço de tempo intervalar, ou porque o nosso interlocutor nos toma a palavra), ou hesitação em enunciá-lo.

43. Põe-se no fim da oração enunciada com entonação exclamativa.

44. Põe-se no fim da oração enunciada com entonação interrogativa ou de incerteza, real ou fingida, também chamada retórica.

45. Quando o período, oração ou frase termina por abreviatura, não se coloca o ponto final adiante do ponto abreviativo, pois este, quando coincide com aquele, tem dupla serventia.

46. Travessão

47. O ponto simples final, que é dos sinais o que denota maior pausa, serve para encerrar períodos que terminem por qualquer tipo de oração que não seja a interrogativa direta, a exclamativa e as reticências. Ex: (L1P1)"As minhas primeiras relações com a justiça foram dolorosas e deixaram-me profunda impressão."

48. Ponto Parágrafo

49. Um grupo de períodos cujas orações se prendem pelo mesmo centro de interesse é separado por ponto.

50. Pode indicar ainda a mudança de interlocutor, na transcrição de um diálogo, com ou sem aspas.

51. Pode denotar uma pausa mais forte.

52. EXTRA: O travessão pode substituir vírgulas, parênteses, colchetes, para assinalar uma expressão intercalada. Ex(L4P2)"Enrolaram-me em panos molhados com água de sal - e houve uma discussão na família."

53. Ponto e Vírgula

54. Dois Pontos

55. Vírgula

56. Monossílabos

57. Quando uma preposição “a” (exigida por algum verbo) se encontra com o artigo “a” (que está diante de um nome feminino), a união da preposição com o artigo forma a crase (à).

58. Pontuação

59. Acentuação

60. Crase

61. Termos básicos

61.1. Orações Coordenadas

61.1.1. é a que se coloca do lado de outra, sem desempenhar função sintática; são sintaticamente independentes.

61.1.2. Aditiva

61.1.2.1. estabelecem ideia de adição, soma. Exemplo: Não venderemos a casa, nem (venderemos) o carro.

61.1.3. Alternativa

61.1.3.1. estabelecem alternância. Exemplo: Siga o mapa ou peça informações.

61.2. Orações Subordinadas

61.2.1. Apositiva

61.2.1.1. A oração subordinada substantiva apositiva exerce função de aposto de algum termo da oração principal.

61.3. Adjunto adverbial

61.3.1. É o termo da oração que indica uma circunstância (dando ideia de tempo, lugar, modo, causa, finalidade, etc.). O adjunto adverbial é o termo que modifica o sentido de um verbo, de um adjetivo ou de um advérbio.