Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
EMILE DURKHEIM por Mind Map: EMILE DURKHEIM

1. Constrói conceitos autônomos

1.1. Religião na sociedade

2. É a sociedade que nos diz o que é certo ou errado

2.1. A sociedade que determina as ações coletivas

2.1.1. a sociedade precede o individuo e age sobre ele determinando sua forma de ser.

3. Teoria fundamentalista

3.1. Funções sociais dos indivíduos são fundamentais segundo Durkheim.

4. Fato social, o fato social é entendido como COISA-imparcialidade,neutralidade

4.1. Essencial para definir o que é próprio do campo sociológico

5. Fato social é a forma de pensar,sentir e agir fixa ou não,de um determinado grupo e que exerce uma força externa(coerção) sobre os indivíduos

5.1. Coerção - Pressão social

6. Características de Fatos Sociais

6.1. GENERALIDADE -Fato social -os fatos sociais são coletivos, ou seja, eles não existem para um único indivíduo, mas para todo um grupo, ou sociedade

6.1.1. EXTERIORIDADE - Fato social - Obrigação -quando o indivíduo nasce, a sociedade já está organizada, com suas leis, seus padrões, seu sistema financeiro, etc.; cabe ao indivíduo aprender, por intermédio da educação, por exemplo.

6.1.1.1. TODO FATO SOCIAL É GERAL, MAS NEM TODO FATO GERAL É SOCIAL

6.1.1.1.1. nem tudo o que uma pessoa faz pode ser considerado um fato social, pois, para ser identificado como tal, tem de atender a três características: generalidade, exterioridade e coercitividade

6.1.1.2. COERATIVIDADE - Fato social - Exterioridade- Sanção social - Punição ao individuo -característica relacionada com o poder, ou a força, com a qual os padrões culturais de uma sociedade se impõem aos indivíduos que a integram, obrigando esses indivíduos a cumpri-los.

7. Solidariedade Socia- os laços que prenderiam os indivíduos uns aos outros nas mais diferentes sociedades seriam dados pela solidariedade social, sem a qual não haveria uma vida social, sendo esta solidariedade do tipo mecânica ou orgânica.l

7.1. Solidariedade mecânica A sociedade em sua fase primitiva se organizava socialmente a partir das semelhanças psíquicas e sociais entre os membros individuais. Nessas sociedades, os indivíduos que a integravam compartilhavam dos mesmos valores sociais, tanto no que se refere às crenças religiosas como em relação aos interesses materiais necessários à subsistência do grupo, essa correspondência de valores é que assegurava a coesão social.

7.1.1. Solidariedade orgânica Neste modelo, cada indivíduo tem uma função e depende dos outros para sobreviver. A Solidariedade Orgânica é fruto das diferenças sociais, já que são essas diferenças que unem os indivíduos pela necessidade de troca de serviços e pela sua interdependência. O indivíduo é socializado porque, embora tenha sua individualidade, depende dos demais e, por isso, se sente parte de um todo. Os membros da sociedade onde predomina a Solidariedade Orgânica estão unidos pelo laço oriundo da divisão do trabalho social.