Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Relevo por Mind Map: Relevo

1. Agentes Internos

1.1. tectonismo

1.1.1. movimentação das placas tectônicas

1.1.1.1. Orogênese

1.1.1.1.1. lento e horizontal

1.1.1.1.2. a placa se dobra

1.1.1.2. Epirogênese

1.1.1.2.1. lento e vertical

1.1.1.2.2. tipos

1.2. vulcanismo

1.2.1. expulsão de material magmático do interior da terra para a superfície

1.2.2. ERA MESOZOICA NO BRASIL

1.2.2.1. intensa em Poços de Caldas e Araxá (MG), São Sebastião (SP), Itatiaia e Cabo Frio (RJ, e Lajes (SC)

1.2.2.2. Região Sul: um dos maiores derrames basálticos, abrangendo 1 milhão de Km², desde o Estado de SP até o RS. Na região de Torres podem ser observadas manifestações(como as falésias)

1.2.2.3. derrames basálticos no Planalto Meridional deram origem ao solo chamado de terra roxa

1.2.2.4. Bacia Amazônica foi afetada por atividades vulcânicas em algumas áreas

1.3. abalo sísmico

1.3.1. movimento natural da crosta terrestre, que se propaga por meio de vibração

1.3.2. BRASIL

1.3.2.1. Situado no centro da placa Sul-Americana

1.3.2.1.1. 200km de espessura

1.3.2.2. A ocorrência de terremotos no território brasileiro tem suas causas atribuídas aos desgastes na placa tectônica, às falhas geológica

1.3.2.3. os sismos nessa região raramente possuem magnitude e intensidade elevada

1.3.2.4. falhas presentes em todo o território nacional, causa terremotos de pequena magnitude

1.3.2.5. na maioria das vezes são imperceptíveis na superfície terrestre

2. Agentes Externos

2.1. intemperismo

2.1.1. modificações que as rochas sofrem ao se aflorarem na superfície da Terra

2.1.2. químico

2.1.2.1. enfraquecimento pela dissolução, reação química

2.1.2.2. predominante em floresta, onde há muita umidade

2.1.3. físico

2.1.3.1. enfraquecimento da rocha pela quebra. falta de umidade, intemperismo mecânico.

2.1.3.2. predominante em ambientes áridos, desertos ou climas polares.

2.1.4. biológico

2.1.4.1. enfraquecimento por seres vivos, como bactérias ou até mesmo animais

2.2. erosão

2.2.1. Eólica

2.2.1.1. causado pelo vento

2.2.1.2. DEFLAÇÃO - o vento varre a superfície. CORROSÃO - o vento atira partículas contra as rochas. ABRASÃO - desgaste da rocha, devido ao impacto e à fricção de partículas contra a superfície

2.2.2. Pluvial

2.2.2.1. água da chuva

2.2.2.2. característico do Sudeste do Brasil, clima predominante é úmido

2.2.2.3. o relevo adquire formas arredondadas, damos o nome de mares de morro

2.2.3. Glacial

2.2.3.1. modela o relevo através das geleiras, onde a quantidade de neve que cai é maior que a neve que derrete

2.2.3.2. dois tipos principais: as continentais e as alpinas

2.2.4. Marinha

2.2.4.1. DESTRUTIVO - as ondas quebram arrancando fragmentos das rochas, fazendo com que as paredes rochosas desmoronem

2.2.4.2. CONSTRUTIVO - o mar deposita os sedimentos que transporta do continente. cordões de areia que se formam paralelamente à costa do mar, chama-se restinga

2.2.5. Fluvial

2.2.5.1. as águas dos rios retiram, transportam e depositam materiais, construindo ou destruindo as suas margens.

3. Tipos

3.1. Depressão

3.1.1. Absoluta

3.1.1.1. abaixo do nível do mar

3.1.2. Relativa

3.1.2.1. altitude mais baixa que o relevo cincurdante

3.2. Planalto

3.2.1. superfície elevada

3.3. Montanha

3.3.1. formada pela ação das forças tectônicas

3.4. Planície

3.4.1. área com pouca variação de altitude

4. Classificação Relevo Brasileiro

4.1. Aroldo Azevedo

4.2. Aziz Ab'Sáber