A Arte de Pensar Claramente

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
A Arte de Pensar Claramente por Mind Map: A Arte de Pensar Claramente

1. Vies de Sobrevivencia "Survivorship Bios"

1.1. O sucesso produz mais visibilidade que o fracasso

1.1.1. Superestimamos sistematicamente o sucesso

1.1.1.1. A probabilidade de ser bem sucedido eh ínfima!

1.2. Conclusao

1.2.1. Superestimamos a probabilidade de sucesso

1.3. Contramedida

1.3.1. Visite o maximo de sepulturas de projetos, investimentos e carreiras que um dia foram muito promissoras

2. Ilusao do Corpo de Nadador

2.1. Quando confundimos critérios de seleção e resultado caimos na ilusao do corpo de nadador.

2.1.1. Ex. Harvard eh a melhor universidade?

2.1.1.1. Nao sabemos, mas ela recruta as mentes mais brilhantes.

2.2. Conclusao

2.2.1. Onde quer que se preconize algo pelo qual valha a pena esforcar-se (musculos de aco, beleza, salario maior, vida longa, aura, felicidade) analise bem.

2.2.1.1. Antes de entrar na piscina de uma olhada no espelho. e Seja sincero consigo mesmo.

3. Excesso de Confianca "Overconfidence Effect"

3.1. Superestimamos nosso conhecimento e nossa capacidade de prognosticar.

3.1.1. Homens superestimam mais que mulheres

3.2. Conclusao

3.2.1. Seja cetico em relacao a todas as previsoes

3.2.2. Parta sempre de cenarios pessimitas

4. Prova Social

4.1. Nos comportamos de modo correto quando nos comportamos como os outros (Absurdo!)

5. Falacia do Custo Irrecuperavel "Sunk Cost Fallacy"

5.1. Toda descisao (particular ou comercial) sempre ocorre na inseguranca. Pode dar certo ou nao.

5.1.1. A Falacia do Custo Irrecuperavel nos abocanha quando ja investimos dinheiro, energia, amor, tempo, etc

5.1.1.1. Quanto maior o investimento (o custo irrecuperavel), tanto sera maior a pressao para continuar o projeto.

5.1.1.1.1. Ex. Guerra do Vietnã. "Sacrificamos tantos soldados por essa guerra que seria um erro desistir agora"

5.2. Conclusao

5.2.1. Existem muitas razoes para se continuar investindo e nao dar fim a alguma coisa. MAs existe uma coisa ruim: LEVAR EM CONTA O QUE JA FOI INVESTIDO.

5.2.1.1. Decidir racionalmente significa ignorar os custos acumulados

5.2.1.1.1. Pouco importa oque voce ja investiu, a unica coisa que importa eh o AGORA e a projecao futura.

6. Reciprocidade

6.1. "Eu o ajudo e vc me ajuda"

6.1.1. Reciprocidade eh administracao dos riscos. Sem reciprocidade a humanidade ja estaria extinta.

7. Vies de Autoridade

7.1. Na presenca de uma autoridade, levamos nossos pensamentos a um nivel inferior.

7.1.1. Somos muito menos cautelosos com opinioes de "especialistas" do que pessoas normais.

7.1.1.1. Obedecemos as autoridades, mesmo quando do ponto de vista racional ou moral, nao faz nenhum sentido.

8. Efeito do Contraste

8.1. Julgamos uma coisa mais bonito, mais caro, maior e assim por diante quando, ao mesmo tempo, temos uma coisa feia, barata e pequena a nossa frente

9. Vai piorar antes de melhorar

9.1. Frase usada por "especialistas" que nao entendem da sua area ou sao inseguros

9.1.1. Se as coisas piorarem, sua previsao se confirma

9.1.1.1. Se melhorarem, ele atribui a sua capacidade tecnica.

9.1.2. Muito usado na igreja. O devoto aceita toda a desgraca que esta acontecendo na sua vida porque "dias melhores virao"

10. O Conhecimento do Motorista

10.1. Segundo a teoria existem 2 conhecimentos

10.1.1. Autentico

10.1.1.1. Provem de pessoas que investiram muito tempo e trabalho mental para consegui-lo

10.1.2. Do Motorista

10.1.2.1. Sao pessoas que agem como se tivessem algum conhecimento. Aprenderam a se apresentar, como em um show

10.2. Circulo de Competencia

10.2.1. Warren Buffet

10.2.1.1. O que esta dentro deste circulo eh entendido como profissional

10.2.1.1.1. Conheca seu "circulo de competencia" e permaneca dentro dele

10.3. Conclusao

10.3.1. Desconfie do conhecimento do motorista

10.3.1.1. Verdadeiros conhecedores "sabem o que sabem" e o que "nao sabem"

10.3.1.2. Verdadeiros conhecedores dirao que nao sabem sobre determinado assunto

10.3.1.2.1. Dos motoristas se ouvira tudo, menos que nao sabem.

11. Ilusao de Controle

11.1. Eh a tendencia de acreditar que podemos controlar ou influenciar alguma coisa sobre o qual, objetivamente, nao temos nenhum poder

11.1.1. Botao do semaforo de pedestres

11.1.1.1. Realmente funciona?

11.1.1.1.1. Fazem com que o pedestre acredite que tem algum tipo de influencia sobre a sinalizacao

11.2. Conclusao

11.2.1. Concentre-se nas poucas coisas que vc de fato pode influenciar. Deixe todo o restante acontecer

12. Paradoxo da Escolha

12.1. A escolha eh o que nos distingue da economia planificada da Idade da Pedra. Isso mesmo, a escolha tras felicidade. Contudo, ha um limite em que a escolha adicional, acaba com a qualidade de vida

12.1.1. Razao 1

12.1.1.1. Ter muitas opcoes leva a uma paralisia interior

12.1.2. Razao 2

12.1.2.1. Ter muitas opcoes leva a escolhas piores

12.1.3. Razao 3

12.1.3.1. Ter muitas opcoes leva a insatisfacao

12.2. Conclusao

12.2.1. Parta do principio que vc nunca fara a escolha perfeita. No que se refere a torrente de possibilidades, maximizar eh um perfeccionismo irracional.

12.2.1.1. De-se por satisfeito com uma "boa solucao"

13. Vies de Afeicao (Liking Bias)

13.1. Quanto mais simpatico alguem eh conosco, tanto mais tendemos a comprar ou ajudar esta pessoa

13.2. Conclusao

13.2.1. Eh sempre bom julgar um negocio independente do vendedor. Imagine que ele nao existe, ou melhor ainda, pense nele como alguem antipatico

14. Efeito Dotacao

14.1. Damos mais valor ao que possuimos do que ao que nao possuimos

14.1.1. Quando vendemos uma coisa, cobramos mais por ela, do que nos proprios pagariamos se estivessemos comprando

14.1.1.1. Ao que parece, desapegar eh mais dificil do que acumular

14.1.1.1.1. Acumuladores!

14.2. Conclusao

14.2.1. Nao se apegue demais as coisas. Encare como algo que pode ser tomado a qualquer momento.

15. Risco Zero (Zero-Risk Bias)

15.1. Ao que parece, apenas o risco zero eh perfeito para nos. Ele nos atrai para a luz como se fossemos insetos.

15.2. Conclusao

15.2.1. De adeus a ideia de risco zero. Aprenda a conviver com o fato de que nada eh seguro.

16. Aversao a perda

16.1. Com nossos antepassados, um erro tolo poderia considerar a morte. Todas as possibilidades levava o cidadao a ser eliminado do "jogo da vida"

16.1.1. Pessoas desatentas ou que corriam muitos riscos morriam antes de poder passar seus genes

16.1.1.1. Os cuidados sobreviviam, somos seus descendentes.

16.2. Damos mais valor a perda do que os ganhos. Perder 100 reais eh pior do que ganhar.

16.2.1. Do ponto de vista emocional, eh comprovado que uma perda pesa cerca do dobro de um ganho na mesma proporcao

16.2.1.1. O medo de perder motiva mais as pessoas do que o pensamento de ganhar alguma coisa de igual valor

16.3. Conclusao

16.3.1. Nao ha como mudar, o mal eh mais forte que o bem.

16.3.1.1. Reagimos com maior sensibilidade as coisas negativas do que as positivas

17. Crescimento Exponencial

17.1. Compreendemos o crescimento linear de maneira intuitiva. No entanto nao temos nenhuma sensibilidade para o crescimento exponencial.

17.1.1. Exemplo

17.1.1.1. A) Escolha nos proximos 30 dias receber mil reais por dia

17.1.1.1.1. 30 mil

17.1.1.2. B) Nos proximos 30 dias receber 1 centavo no primeiro dia, 2 centavos no segundo, 4 no terceiro, 8 no quarto, e assim sucessivamente

17.1.1.2.1. Mais de 5 milhoes!!

17.1.1.3. Qual Escolheria sem pensar muito

17.1.2. O passado evolucionario nao nos preparou para isso. A experiencia dos nossos antepassados eram lineares

17.1.2.1. Quem colhia o dobro do tempo recebia o dobro de frutos Quem cacava 2 mamutes tinha o dobro de comida

17.1.2.1.1. Nao existia crescimento exponencial

17.2. Conclusao

17.2.1. Quando se trata de taxa de crescimento, nao acredite na sua sensibilidade. Voce nao tem nenhuma, aceite o fato.

18. Efeito Aureola (Halo Effect)

18.1. Deixamo-nos ofuscar por um aspecto e, a partir dele, deduzimos a imagem completa

18.1.1. A Beleza eh o exemplo mais pesquisado

18.1.1.1. Consideramos pessoas bonitas como mais simpaticas, honestas e inteligentes. Pessoas atraentes fazem carreira com mais facilidade

18.1.1.1.1. O efeito ja eh comprovado em escolas, onde inconscientemente, os professores dao notas mais altas para alunos com boa aparencia

18.1.1.1.2. Existem penas mais brandas para condenados de boa aparencia

18.2. Conclusao

18.2.1. O Efeito Halo nos impede de enxergar as verdadeiras qualidades.

18.2.1.1. Olhe melhor ao seu redor, exclua a caracteristica que se destaca

18.2.1.1.1. Orquestras internacionais fazem os candidatos se apresentarem atras da tela

19. Ilusao Introspectiva

19.1. Tendemos a achar que as nossas crencas sao mais validas que a dos outros

19.1.1. A introspeccao nao eh confiavel

19.1.2. As reflexoes internas nao sao puras e honestas

19.2. Dizer que a reflexao leva a verdade eh errado. Isso eh ilusao introspectiva

19.2.1. Como confiamos muito em nossas crencas temos 3 situacoes

19.2.1.1. 1 - Presuncao de Ignorancia

19.2.1.1.1. "Eh claro que a pessoa nao tem todas as informacoes necessarias. Se ela soubesse o que eu sei, teriamos as mesmas opinioes"

19.2.1.2. 2 - Presuncao de Estupidez

19.2.1.2.1. "A pessoa tem as infos necessarias, mas sua mente eh subdesenvolvida"

19.2.1.3. 3 - Presuncao de Malicia

19.2.1.3.1. "A pessoa tem as infos, ate entende a discussao, mas parte para o confronto deliberadamente. Suas intencoes sao maleficas

19.3. Conclusao

19.3.1. Nada eh mais convincente do que nossas crencas

19.3.1.1. Acreditamos que a introspeccao leva a um conhecimento genuino

19.3.1.1.1. Encare suas observacoes internas com o mesmo ceticismo que voce dedicaria as afirmacoes alheias. Seja seu critico mais ferrenho

20. Cisne Negro

20.1. Ate 1697 TODOS os cisnes eram brancos

20.1.1. Ate acharem um preto na Australia

20.1.1.1. Cisnes negros se tornaram simbolo do improvavel.

20.2. Um cisne negro eh um evento inimaginavel que afeta sua vida, sua carreira, seu pais de forma substancial

20.2.1. Ha cisnes negros negativos e positivos

20.3. Na era primitiva nao nos deparavamos com algo fora do comum. O cervo cacado era mais rapido ou mais lento, mais gordo ou mais magro. Tudo girava em torno de uma media estavel

20.3.1. Hoje eh diferente, uma pequena mudanca pode fazer sua renda aumentar 10 mil vezes

20.4. Conclusao

20.4.1. Ponha-se em situacoes em que se possa pegar carona em um cisne negro positivo (por mais improvavel que isso seja)

21. Procrastinacao

21.1. Procrastinar eh a tendencia a adiar aatividades desagradaveis, mas inportantes

21.1.1. Sabemos que essas atividades serao beneficas, entao pq a varremos para debaixo do tapete?

21.1.1.1. Por causa do intervalo que tem entre semear e colher. Fazer a ponte entre estes dois extremos requer um alto grau de energia mental

21.2. Forca de Vontade eh como uma bateria, se ela se esgota, os desafios futuros ficam prejudicados

21.2.1. O autocontrole nao esta disponivel 24hs por dia. Eh preciso tempo para reabastecer

21.2.1.1. A boa noticia eh que basta renovar os seus niveis de acucar no sangue e relaxar

22. Inveja

22.1. Qual destas situacoes te irrita mais?

22.1.1. 1 - O salario dos seus amigos aumenta e o seu continua igual

22.1.2. 2 - O salario deles continua igual e o seu tambem

22.1.3. 3 - O salario deles diminui e o seu tambem

22.1.4. Se escolheu a 1 vc foi pego pelo montro da inveja igual todo mundo

22.2. Historinha Russa

22.2.1. Um fazendeiro encontrou uma lampada e ao esfregar saiu um genio que lhe concederia 1 desejo. Ele pensou e disse: "Meu vizinho tem 1 vaca e eu nao tenho nenhuma, quero que a dele morra"

22.3. De Todas as emocoes, a inveja eh a mais imbecil. Porque eh relativamente facil desliga-la. Pelo menos em comparacao a raiva, medo e tristeza

22.3.1. A inveja eh o mais estupido dos vicios, porque nao lhe permite extrair qualquer vantagem

22.3.1.1. A inveja eh o tipo mais sincero de lisonja, fora isso eh uma perda de tempo

22.4. Invejamos pessoas que se parececem conosco em idade, carreira e moradia

22.4.1. Nao invejamos homens de negocios do seculo passado Nao invejamos plantas nem animais Nao invejamos milionarios do outro lado do mundo

22.4.1.1. Escritores invejam outros escritores Um CEO inveja CEOs mais poderosos Uma modelo inveja modelos mais bem sucedidas

22.4.1.1.1. Aristoteles ja dizia: O oleiro inveja o oleiro

22.5. Conclusao

22.5.1. Como controlar a inveja?

22.5.1.1. Primeiro pare de se comparar aos outros

22.5.1.2. Segundo, ache seu "circulo de competencia" e o preencha sozinho

22.5.1.2.1. Crie um nicho onde vc seja o melhor

22.5.2. Como todas as emocoes elas se originam de nossos antepassados.

22.5.2.1. Se um hominideo pegasse um pedaco maior de do mamute isso significava menos carne para o perdedor

22.5.2.1.1. A inveja nos motivou a tomar uma atitude diante desta situacao

22.5.3. No entanto no mundo de hoje a inveja nao eh vital

22.5.3.1. Se meu vizinho comprar um porshe nao quer dizer que ele tenha tirado algo de mim