Positivismo (XIX e XX)

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Positivismo (XIX e XX) por Mind Map: Positivismo (XIX e XX)

1. O lema de Comte foi : " L'amour pour principe et l'ordre pour base; le progrès pour but " , ou , em português : " O Amor por princípio e a Ordem por base; o Progresso por fim ".

2. Ciência

2.1. caminho do progresso

2.2. Senso comum

2.3. conhecimento

2.3.1. verdadeiro

2.3.2. Do mundo

3. Brasil

3.1. reforma de constant

3.2. Ordem e Progresso

3.2.1. Progredir cientificamente mas manter a ordem da sociedade

3.3. Durante o chamado Segundo Império, isto é, por volta de 1850 que as idéias positivistas chegaram ao Brasil, trazidas por brasileiros que foram completar seus estudos na França

3.4. Proclamação da República

3.5. Influenciou especialmente a alta oficialidade do exército e algumas camadas da burguesia brasileira

3.6. Abolição da Escravatura

3.7. Os militares que tomaram o poder a partir de 1964 colocavam à população brasileira que para haver progresso seria necessário ter a “ordem”, ou seja, todos deveriam respeitar e aceitar as regra imposta pelo governo, qualquer protesto era visto como sinal de contrariedade ao progresso brasileiro

3.8. No regime militar (1964/1984) caberia ao estado manter a “ordem interna a qualquer peço”, mesmo que para isso fosse necessária a repressão violenta que marcaria esse como um dos piores períodos políticos brasileiro

4. França

4.1. Idealizador :August Comte

4.1.1. outro idealizador: John Stuart Mill.

4.2. Surgiu na França em XIX

4.2.1. Rompendo com a ideia do conhecimento ligado a crenças e superstições

5. Surgiu como desenvolvimento sociológico do iluminismo

6. Contexto Histórico

6.1. Fim da Idade Média

6.2. Crises Sociais

6.3. Crises Morais

6.4. Iluminismo

6.5. Revolução Francesa

6.6. Revolução Industrial

7. Orientações positivistas

7.1. a orientação psicológica, uma linha teórica da sociologia, a qual investiga toda a natureza humana verificável.

7.2. a orientação científica, que busca efetivar uma divisão das ciências;

8. "Curso de Filosofia Positiva" principal obra de Comte

9. Lei dos três estados

9.1. Teológico, onde o ser humano busca explicação para a realidade por meio de entidades supranaturais;

9.2. Metafísico, do qual os deuses são substituídos por entidades abstratas, como "o Éter", para explicar a realidade;

9.3. Positivo da humanidade, donde não se explica o "porquê" das coisas, mas sim o "como", a partir do domínio sobre as leis de causa e efeito.

10. A religião de Comte

10.1. Em seu livro ele instituiu a Religião Da Humanidade,religião positiva.

10.2. Busca a unidade moral humana

10.3. Altruísmo é a palavra de ordem.

10.4. Essa religião também possuí um "Ser Supremo". Ele seria a "Humanidade Personificada" e sua força emana do conjunto de inteligências convergentes de todas as gerações, passadas, presentes e futuras, as quais irão aperfeiçoar o gênero humano.

11. Auguste Comte foi o criador da palavra "altruísmo" para resumir o ideal de sua Nova Religião.

12. Criticas ao positivismo

12.1. A ideologia positiva, cai no erro do cientificismo ao excluir as outras formas de conhecimento como por exemplo o próprio senso comum. Não pode-se descartar um determinado conhecimento única e exclusavente pelo fato de ser menos rigoroso.

12.2. Exalta um dogmatismo sem limites, e justamente por fazê-lo, incorre no desprezo dos estratos menos favorecidos, tal ideologia serve em verdade aos interesses que senão estão vão estar no poder, ocorre portanto uma divisão social acentuada e a imobilidade dos estratos menos favorecidos é legitimada.

12.3. Tem uma ideia utópica do conhecimentos cientifico como senso comum,sem interesses além do progresso social

13. Existem correntes de outras disciplinas que se denominam "positivistas" sem ter nenhuma relação com o positivismo de Comte.

14. A partir da segunda metade do século XIX, as ideias de Auguste Comte permearam as mentalidades de muitos mestres e estudantes militares, políticos, escritores, filósofos e historiadores. Vários brasileiros adotaram, ou melhor, se converteram ao positivismo.

15. Mapa mental feito por :Michelle Alessandra, Turma de Edificações

16. O positivismo teve influência na literatura também, por exemplo, com os escritores naturalistas como Aluísio de Azevedo e Raul Pompéia.

17. Alguumas fontes utilizadas foram :wikipedia.org ;suapesquisa.com;