Comienza Ya. Es Gratis
ó regístrate con tu dirección de correo electrónico
Rocket clouds
Angina por Mind Map: Angina

1. Pode ser diagnosticada pela história do paciente, ECG, teste de esforço(que fazem com que o coração trabalhe mais rápido fazendo com o que a angina seja mais fácil de dectar.), imagem cardíaca,ecocardiograma e angiografia coronária. Exame de Sangue os quais e possível verificar as enzimas que indicam se o músculo cardíaca está danificado.

1.1. Duração:, Angina é um sintoma subjetiva que , normalmente dura de 2 a 5 minutos,pode ocasionar durar a 15 minutos e raramente 15 a 30 minutos.

2. Epidemeologia

3. A angina instável a taxa de mortalidade para paciente que alcançam o hospital e fr 10%a 15%. Aproximadamente 60% das pessoas admitidas ao hospital com angina instável têm mais de 60 anos. a maioria das vitimas esperam 2 horas após inicio da dor antes de decidir procurar ajuda médica.

4. A isquemia do músculo cardíaco,pode produzir dor,ou outros sintomas como,sensação de sufocação ou de peso na parte superior do tórax a qual vai desde o desconforto até a dor agonizante, aperto,queimação ou indigestão, acompanhada por apreensão intensa e uma sensação de morte iminente.com frequência a dor é sentida profundamente no tórax , atrás do terço médio ou superior do esterno , podendo irradiar-se para o pescoço,mandíbula,ombros,e face internas dos braços,usualmente o braço esquerdo.

5. Fatores de risco

6. Classificações das Anginas

7. A aterosclerose,obstrução das artérias por placas de gordura, é a principal causa de angina, fatores de riscos ,obesidade, sedentarismo,tabagismo,hipertensão arterial,diabetes, alterações no colesterol e triglicérides e fatores genéticos .

7.1. Risco de morte acurto prazo ou infarto do miocárdio . Edema pulmonar.

8. É caracterizada por episódio de dor,ou pressão na parte anterior do tórax . O fluxo sanguíneo coronariano insuficiente,resulta em um aporte diminuída do oxigênio para satisfazer a uma demanda miocárdica aumentada de oxigênio em resposta ao esforço físico ou estresse emocional.

8.1. Angina estável, dor previsível e consiste que aconteça aos esforço e é aliviada pelo repouso.

8.2. Angina instável: também chamada de angina pré-infarto ou angina crescendo,os sintomas acontecem quando o paciente está em repouso ,os sintomas ocorrem com maior frequência e dura mais.o limitar para a dor também é menor .

8.3. Angina intratável ou refratária: dor torácica grave e intratável.

8.4. Angina variante: dor em repouso com elevação reversível do segmento ST, acredita-se que seja causada por vasoespasmo da artéria coronária.

9. As mulheres apresentam taxa maiores que os homens , de idade entre 40-49,anos de cor pele preta/parda apresenta taxa mais elevadas de angina .

10. Manifestações clinicas

11. MEDICAMENTOS

11.1. Heparina,previne a formação de novos coágulos sanguíneos, quando o paciente e indica um risco cardíaco (IM)

11.1.1. Efeitos colaterais , pode ocorrer hemorragia principalmente urina com sagramento e hematomas.

11.2. Bloqueadores, Os betas- bloqueadores, como Propranolol/Atenolol , reduz o consumo miocárdio de oxigênio po bloquear a estimulação simpática beta-adrenérgica para o coração.o resultado é uma redução na frequência cardíaca, pressão aerterial e contratilidade força de contração miocárdica.

11.2.1. Os efeitos colaterais hipotensão,bradicardia, e agravamento da insuficiência cardíaca congestiva.

11.3. Nitroglicerina,agentes bloqueadores beta-adrenérgicos, bloqueadores dos canais de cálcio e agentes antiplaquetários como aspirina,ticlodipina e heparina . O Nitroglicerina dilata principalmente as veias e também as artérias . Ela ajuda aumentar o fluxo sanguíneo coronariano por evitar o vasoespasmo e aumenta a perfusão através dos vasos colaterais.

11.3.1. Efeitos colaterais: rubor,cefaleia hipotensão taquicardíaca

11.4. Bloqueadores dos canais de cálcio:Diltiazem/Verapamil/Nifedipina, eles relaxam os vasos sanguíneos causando uma diminuição na pressão arterial um aumento na perfusão arterial coronariana,.s OS Bloqueios de canais de cálcio aumentam o aporte miocárdico de oxigênio por dilatar a parede muscular lisa das arteríolas coronarianas ele diminuem a demanda miocárdica de oxigênio por reduzirem a pressão arterial sistêmica e dessa maneira a carga de trabalho do ventrículo esquerdo

11.4.1. Efeitos colaterais: bloqueios atrioventriculares,bradicardíaca, constipação desconforto gástrico

12. Fisiopatologia e causa por doença aterosclerótica,a angina está associada a uma obstrução significativa de uma artéria coronária importante.

13. Diagnóstico

14. prevenção

15. Cessação do fumo,controle da hipertensão,

16. Ter uma dieta saudável e equilibrada,diminuir na ingestão dietética de colesterol e gorduras saturadas

17. Manter o peso de acordo com sua estatura, sexo e idade.

18. Fazer atividade física regulares.

19. Reduzir o nível de estresse do dia dia.

20. Tratamento: As metas de tratamentos para todos os pacientes com angina incluir aliviar os sintomas de angina e diminuir os riscos de IM. o tratamento médico da angina são diminuir as demandas de oxigênio do miocárdio e aumentar o aporte de oxigênio.Procedimento intervencionais como a angioplastia coronariana , melhorar o fluxo sanguíneo,por romper o ateroma e abrir a luz do vaso. (com stents intracoronários )

21. Não medicamentoso

22. Angioplastia coronariana,Stent das artérias coronária, Aterectomia, Revascularização transmiocárdica, Reavascularização da artéria coronáriana

23. Fisiopatologia

24. Conceito

25. Novo Tópico