FÁRMACOS ANTI-HIPERTENSIVOS

Comienza Ya. Es Gratis
ó regístrate con tu dirección de correo electrónico
Rocket clouds
FÁRMACOS ANTI-HIPERTENSIVOS por Mind Map: FÁRMACOS ANTI-HIPERTENSIVOS

1. Agentes simpaticolíticos/simpatoplégicos

2. Vasodilatadores

3. Antagonistas alfa-adrenérgicos

4. Antagonistas beta-adrenérgicos

5. Liberadores de Óxido Nítrico

6. Inibidores de canais de cálcio

7. Hiperpolarizantes de fibras lisas

8. PA=DCxRVP

9. Propanolol, Etanolol

10. Efeitos adversos: Síndrome de abstinência-Taquicardia e palpitação, hipertensão de rebote, bradicardia, broncoconstrição.

11. Usos terapêuticos: Infarto agudo do miocárdio, cardiopatia isquêmica, insuficiência cardíaca congestiva. Uso combinado com diuréticos

12. Prazosina, Terazosina, Doxazosina

13. Efeitos farmacológicos: Diminuem a resistência arteriolar, RVP. Aumentam atividade da renina plasmática. Vasodilatação persiste em tratamento prolongado. S.N.SIMP: contração. PARASSIMP: Relaxamento, dilatação

14. Efeitos adversos: Retenção de água e sal durante adm contínua, tonturas, palpitações, cefaleia, fadiga. Redução de conc plamática de triglicerídeos e LDL. Aumento do HDL.

15. Usos terapêuticos: Primariamente em associação com diuréticos, B-bloqueadores e outro. Hipertensos com hiperplasia prostática benigna.

16. Metildopa

17. Clonidina

18. Efeitos farmacológicos: Vasodilatação pois imita a produção de NO pelas céls endoteliais. Aumento moderado da freq cardíaca e redução global da demanda de oxig pelo miocárdio.

19. Efeitos adversos: Hipotensão, acidose metabólica, arritmia (efeito do cianeto).

20. Usos clínicos: Crises hipertensivas(emergências), indução de hipotensão controlada durante anestesia, diminuição da demanda de oxig. do miocárdio após infarto agudo.

21. Efeitos farmacológicos: Reduzem a PA ao relaxar o músculo liso arteriolar e diminuir a RVP, provocando descarga simpática mediada por barorreceptores.

22. Efeitos adversos: Cefaleia, tontura, vermelhidão, edema periférico, refluxo gastroesofágico, prisão de ventre, retenção urinária, efeito inotrópico negativo

23. Farmacocinética: Varia

24. Farmacocinética: Absorção total, metabolismo eritrocitário e endotelial.

25. Efeitos farmacológicos: Relaxa o músculo liso vascular em sistemas isolados onde o agente original é inativo. Hiperpolarização e relaxamento da musculatura lisa-Vasodilatação arteriolar.

26. Efeitos adversos: Retenção de líquido e sal, efeitos cardiovasculares, cefaleia, sudorese, hipertricose

27. Usos clínicos: Combinados com beta-bloqueadores e diuréticos de alça.

28. Farmacocinética: Absorção quase completa, baixa disponibilidade, alta afinidade prla Albumina, efeito de 1a passagem hepático/ intestinal.

29. Fenômeno de 1a dose: Hipotensão ortorstática sintomática(após as primeiras doses há desenvolvimento de tolerância a isto).

30. Nitroprusseto de sódio

31. Nifedipino, Anlodipino

32. Minoxidil

33. Tratamento da hipertensão durante a gravidez

34. Usado em doentes que não responderam aos outros agentes.

35. Atua de forma indireta

36. Atua de forma direta

37. Efeitos farmacológicos: Diminuição do débito cardíaco, frequência cardíaca, resistência periférica, produção de renina. AÇÃO CARDIO E RENAL.

38. Baixa relação efeito-concentração

39. Sedação, depressão, disfunção, hepatotoxicidade, hiperprolactemia, teste de Coombs +, sinais de Parkinsonismo

40. Possui efeito relacionado à concentração

41. Sedação, depressão, boca seca, edema e dor parótida, hipotensão postural, disfunção erétil, distúrbios de sono.