Livro de Jonas

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Livro de Jonas by Mind Map: Livro de Jonas

1. Autor:

1.1. O profeta Jonas

2. Significado do Nome:

2.1. pomba

2.2. Filho de Amitai - Jonas 1.1

3. Características Peculiares do Livro:

3.1. É mais histórico do que profético

3.2. É composto por narrativas e poesia

3.3. Sua historicidade é confirmada por Jesus (Mt. 12.38-42; Lc 11.29-32)

3.4. Termina com uma pergunta retórica

4. Esboço do Livro:

4.1. 1 a 2  -  Fuga

4.2. 2 a 3   -   Disciplina

4.3. 3 a 4    -    Pregação

4.4. 4   -   Lição

5. Contexto Histórico

5.1. Jonas profetizou durante o reinado de Jeroboão II, reino norte (Israel) II Reis 14.23-28

5.2. A Assíria despontava no cenário político como uma nação conquistadora

5.3. Seu exército era bem treinado. Os povos derrotados eram exterminados ou levados cativos

5.4. A cidade de Nínive era a capital do império.

6. As peculiaridades do ministério de Jonas:

6.1. Jonas foi o profeta mais bem sucedido da história de Israel - cerca de 120 mil pessoas se arrependeram com sua mensagem Jonas 4.11

6.2. Jonas foi o único pregador que odiou o resultado promissor de sua campanha evangelística - Jonas 4.1

6.3. Sua mensagem consistia de apenas 5 palavras: Jonas 3.4

6.4. Jonas foi o primeiro a profetizar para uma nação pagã - Jonas 1.1-2

6.5. Jonas foi o único pregador que pediu a morte como resultado da conversão dos seus ouvintes. Jonas 4.1 e 3

7. Conflito entre os projetos pessoais e os divinos

7.1. Jonas queria a destruição dos ninivitas

7.2. Deus queria dar aos ninivitas oportunidades de arrependimento

8. A fuga

8.1. Jonas, para não cumprir a determinação de Deus, empreende fuga para Társis, na Espanha

8.2. A tempestade

8.3. A salvação da tripulação e a quase morte do profeta

8.4. A providência divina para o profeta

9. A campanha de Jonas em Nínive

9.1. A expectativa do profeta pela destruição  de Nínive - Jonas 4.4

9.2. A reação dos Assírios

10. A contradição entre a teologia e prática

10.1. A teologia de Jonas é ortodoxa - Jonas 1.9; 4.2

10.1.1. Deus criador do mar e da terra

10.1.2. Deus misericordioso

10.1.3. Tardio em irar-se

10.1.4. Grande em benignidade

10.1.5. Se arrepende do mal

10.2. Mas sua vida contradiz sua teologia

10.2.1. Jonas foge não porque Deus é Deus de Juízo, mas porque é Deus de misericórdia

10.2.1.1. "...Por isso, me adiantei, fugindo para Társis, pois sabia que és Deus clemente, e misericordioso, e tardio em irar-se, e grande em benignidade, e que te arrependes do mal." Jonas 4.2

10.3. Os marinheiro não tinha teologia ortodoxa, mas tinha compaixão - Jonas 1.12-13

11. O grande parodoxo

11.1. Os ninivitas creem e obedecem

11.2. A tripulação do navio crê e obedece

11.3. O peixe obedece

11.4. A planta obedece

11.5. O verme obedece

11.6. O crente desobedece

12. Quando confrontado por Deus, o profeta entende coerente e justa sua ira - Jonas 4.9

13. Deus mostra a incoerência dos sentimentos do profeta

14. Conclusão:

14.1. O tema principal do livro é Deus

14.2. Sua vontade não pode ser frustrada

14.3. Deus não está limitado a uma nação (Israel)

14.4. A salvação de Deus sempre esteva além das barreiras religiosas que tentam limitar a Deus e seu amor e graça.