Os Cinco Tipos de Tomada de Decisão

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Os Cinco Tipos de Tomada de Decisão by Mind Map: Os Cinco Tipos de Tomada de Decisão

1. Tomada de Decisão

1.1. obtenção de dados

1.1.1. 5 sentidos

1.2. processamento de informações

1.2.1. cérebro

1.3. gerar significado

1.3.1. encontrar uma correspondência – criar significado

1.4. tomada de decisão

1.4.1. libera instruções anexadas à memória = ações e comportamentos

1.4.1.1. Se encontra correspondência = emocional

1.4.1.2. Se não = racional e lógica

2. Tomada de Decisão Baseada no Instinto

2.1. associada ao nível celular (DNA) e relacionada, principalmente, a questões de sobrevivência.

2.2. Ex: os bebês sabem instintivamente como sugar, como chorar quando suas necessidades não são atendidas, e como sorrir para ganhar atenção.

2.3. Características: a) a ação sempre precede o pensamento b) as decisões tomadas estão sempre baseadas no passado - DNA c) nós não temos controle sobre nossas ações e comportamentos.

3. Tomada de decisão baseada em Crenças Subconscientes

3.1. a ação precede o pensamento. A ação, em geral, é acompanhada pela liberação de carga emocional (+ ou -) com base nas memórias pessoais.

3.2. Ex: Negativa - quando ficamos enraivecidos, chateados, sem controle ou nos comportando de forma destrutiva em relação aos outros, ou apenas nos preocupando com nós mesmos. Positiva - quando apresentamos emoções positivas como lágrimas de alegria e sentimentos de orgulho e felicidade espontânea

3.3. a) A ação sempre precede o pensamento; b) As decisões que são tomadas são sempre baseadas em experiências do passado; c) Nós não estamos no controle de nossas ações e comportamentos a não ser liberando ou reprimindo nossas emoções; d) É muito pessoal. Os outros não podem dar apoio na tomada de decisão; e) Nós estamos sempre funcionando a partir do lado sombrio dos três primeiros níveis de consciência – baseados em crenças profundas sobre não termos o suficiente, não nos sentirmos seguros, e/ou não nos sentirmos respeitados.

4. Tomada de Decisão Baseada em Crenças Conscientes

4.1. a ação é consequência do pensamento. Nós somos capazes de tomar decisões racionais pelo fato de inserirmos uma pausa entre a criação de significado e a tomada de decisão. A pausa nos permite um espaço de tempo para a reflexão e o pensamento, de maneira que possamos usar a lógica para compreender o que está acontecendo, e assim dar um significado para a situação.

4.2. Ex: Em uma reunião nós temos um espaço de tempo para pensar em qual decisão tomar, dialogar com outros e criar um consenso.

4.3. Características: a) a ação é consequência do pensamento; b) ela usa informação baseada em experiências passadas (o que pensamos saber) para tomar decisões sobre o futuro; c) ela cria um futuro muito parecido com o passado usando nossas crenças baseadas em experiências do passado para projetar nossas experiências futuras.

5. Tomada de Decisão Baseada em Valores

5.1. Nós tomamos decisões baseadas em valores para que possamos criar o sentimento que queremos experimentar.

5.2. Ex: Se valorizamos a confiança, tomemos decisões que nos permitam expressar e sentir a confiança. Se valorizamos a responsabilidade, tomemos decisões que nos permitam expressar e sentir a responsabilidade.

5.3. Características: a) decisão baseada em valores; b) não enfatiza a criação de significado; c) nossos valores guiam nossos comportamentos, e não nossas crenças.

6. Tomada de Decisão Baseada na Intuição

6.1. O que é diferente nesse tipo de tomada de decisão é que não existe uma tentativa, tanto consciente quanto subconsciente, de criar significado. E não existe um foco nem no passado nem no futuro. A decisão emerge a partir de um estado de “presença”, de um foco no momento presente.

6.2. Ex: A intuição nos permite criar um futuro baseado na emergência do ser (eu superior).

6.3. a) a obtenção de dados e o processamento das informações ocorrem de maneira normal; b) o julgamento está ausente; não há criação de significado, seja de forma consciente ou subconsciente; c) a mente está vazia; pensamentos, crenças e programações pessoais estão ausentes; d) a mente está livre para mergulhar profundamente no inconsciente coletivo; e) após um período de reflexão, emergem pensamentos que estão baseados num conhecimento profundo; e f) os pensamentos refletem sabedoria, estão focados no bem comum, estão alinhados com nossos valores mais profundos e consideram as consequências de longo-prazo. Eles refletem aquilo que quer emergir.