Transtornos psicóticos

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Transtornos psicóticos by Mind Map: Transtornos psicóticos

1. Esquizofrenia

1.1. História

1.1.1. Kraepelin

1.1.2. Morel démence précoce

1.1.3. Bleuler

1.1.3.1. 4 As

1.1.3.1.1. Afeto embotado

1.1.3.1.2. Autismo

1.1.3.1.3. Ambivalência

1.1.3.1.4. Associações frouxas

1.1.4. Kurt Schneider

1.1.4.1. Sintomas de 1 ordem

1.1.4.1.1. Vozes na 3 pessoa

1.1.4.1.2. Pensamentos

1.1.4.1.3. Percepção delirante

1.1.4.1.4. Vivências de influência: ações controladas de fora.

1.1.4.1.5. Ouvir os próprios pensamentos

1.2. Teoria psicanalítica

1.2.1. Freud, Margareth Mahler, Paul Federn, Sullivan

1.3. Epidemio

1.3.1. 1%, homens = mulheres.

1.3.2. Homens + precoce

1.4. Q. Clinico

1.4.1. Delírios

1.4.1.1. Persecutórios, grandeza, erotomaníaco, niilista..)

1.4.2. Alucinações

1.4.2.1. Auditivas

1.4.3. Comportamento desorganizado

1.4.3.1. Auto cuidado prejudicado

1.4.4. Discurso desorganizado

1.4.5. Sintomas negativos

1.4.5.1. Embotamento afetivo

1.4.5.2. Distanciamento emocional

1.4.5.3. Avolia

1.4.5.4. Anedonia

1.4.6. Pré mórbido:

1.4.6.1. Poucos amigos

1.4.6.2. TV , game,

1.4.6.3. Introvertido

1.4.6.4. Sem interesses românticos

1.4.6.5. TOC início súbito

1.4.6.6. Queixas somáticas: dor recorrente, TGI..)

1.4.6.7. Interesse por religião, ocultismo

1.5. Diagnóstico

1.5.1. Anamnese: Pcte + familiar. Avaliação da resposta ao tratamento.

1.6. Tratamento

1.6.1. Antipsicóticos

1.6.1.1. Típicos:

1.6.1.1.1. Clorpromazina, Haldol

1.6.1.1.2. Pouco seletivos,

1.6.1.2. Atípicos

1.6.1.2.1. Mais seletivos

1.6.1.2.2. Menos sintomas colinergicos

1.6.1.2.3. Esquizo refratária: clozapina

1.7. Risco de suicidio

1.7.1. 20-50% tentam

1.7.2. 5-6% conseguem

1.7.2.1. Número Subestimado?

1.7.3. Associado episódio de depressão

1.7.4. Mais comum:

1.7.4.1. Homens

1.7.4.2. Percebem o declínio cognitivo

1.7.4.3. Não acredita no TTO

1.7.5. Alucinações de comando

1.7.6. Uso de drogas

1.8. Diagnóstico diferencial

1.8.1. TAB

1.8.2. Depressão psicótica

1.8.3. Trans Personalidade

1.8.4. Simulação

2. Esquizofreniforme

2.1. Critérios

2.1.1. Igual esquizo

2.1.2. Dura menos de 6 meses

2.1.3. Não é TAB ou deprê

2.1.4. Não por drogas ou dç orgânica

2.2. Prognóstico

2.2.1. Bom se:2 ou +

2.2.1.1. Pródromo curto

2.2.1.2. Bom funcionamento prévio

2.2.1.3. Perplexidade ou confusão

2.2.1.4. Ausência de sintomas negativos

2.3. Epidemio

2.3.1. Teens e adultos jovens

2.3.2. Menor incidência que esquizo

2.3.3. Homens 5X+

2.3.4. 2/3 vira esquizo

2.4. TTO

2.4.1. antipsicóticos: por 1-5 anos após remissão

2.4.2. Lítio, valproato ou CBZ para profilaxia

2.5. Diag Diferencial

2.5.1. TAB com QC psicótico

2.5.2. Psicose origem orgânica

3. Delirante persistente

3.1. Epidemio

3.1.1. Mais em mulheres

3.1.2. Maior 40 anos

3.1.3. <25% vira esquizo

3.2. Critérios

3.2.1. Delírio não bizarro

3.2.2. Pelo -1 mês

3.2.3. Não preenche critério A p esquizo

3.2.4. Se QC TAB: breve em relação a doença

3.2.5. Funcionamento não parece prejudicado

3.2.6. Comportamento não visivelmente esquisito

3.3. Pcte isolado

3.4. Hipervigil

3.5. As x deprime

3.6. Baixo insight

4. Psicótico Breve

5. Psicótico Compartilhado

5.1. Caso índice

5.1.1. Transt delirante

5.2. Caso secundário

5.2.1. Irmãos, cônjuges

5.2.2. Baixa auto estima

5.2.3. Baixo QI

5.2.4. Ingênuo

5.3. Fatores associados

5.3.1. Isolamento social

5.3.2. Idade avançada

5.3.3. Baixo QI

5.3.4. Alcoolismo

5.3.5. Comprometimento SENSORIAL

5.3.6. Dç cérebro vascular

5.4. DX diferencial

5.4.1. Delirium,

5.4.2. Alzheimer

5.4.3. Intoxicação

5.4.4. B12

5.5. TTO

5.5.1. Antipsicóticos + terapia

5.5.2. Tratar consequências do delírio: medo, depressão, agressividade...