Prevalência do herpes-vírus humano tipo 1 em neoplasias cutâneas epiteliais malignas

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Prevalência do herpes-vírus humano tipo 1 em neoplasias cutâneas epiteliais malignas by Mind Map: Prevalência do herpes-vírus humano tipo 1 em neoplasias  cutâneas epiteliais malignas

1. Vírus na carcinogênese

1.1. Alguns podem participar do processo

1.2. Considerados fatores de risco pela possibilidade de

1.2.1. DNA viral age como oncogene

1.2.2. Aumentam a taxa de mutação ao afetarem o mecanismo de reparo

1.2.3. Reações inflamatórias secundárias

1.2.4. Indutor de mutações

1.3. Infecção precede a neoplasia

1.3.1. se for latente por um período

2. Casuística

2.1. Estudo prospectivo, não randomizado, descritivo e comparativo

2.2. Dois grupos

2.2.1. GE (grupo de estudo)

2.2.1.1. 41 pacientes

2.2.1.1.1. 21 homens

2.2.1.1.2. 20 mulheres

2.2.1.1.3. média acima de 51 anos

2.2.1.2. Presença de tumores cutâneos e lesões neoplásticas de origem epitelial

2.2.1.2.1. recolhida amostra de pele doente e de saudável

2.2.1.3. Pacientes do Serviço de Dermatologia do hospital de Clínicas da Unicamp

2.2.2. GC (grupo controle)

2.2.2.1. 41 pacientes

2.2.2.1.1. 19 homens

2.2.2.1.2. 22 mulheres

2.2.2.1.3. entre 18 e 70 anos

2.2.2.2. acometidos por dermatoses não neoplásicas que fizeram cirurgia dermatológica por qualquer razão não neoplásica

2.2.2.3. Pacientes do mesmo serviço e do ambulatório de dermatologia do hospital e maternidade Celso Pierro

2.3. Termos de consentimento assinados.

3. Método

3.1. Fragmentos recolhidos por biópsia

3.1.1. congelados

3.1.1.1. armazenados a -80ºC

3.1.2. Extração do DNA

3.1.3. Reações em cadeia da polimerase (PCR)

3.1.3.1. + : observação da banda de 199 pares de bases na presença de controles + e -

3.1.4. Análise estatística

3.1.4.1. baseada na diferença entre presença ou não do HHV1 nas amostras

3.1.5. Teste de Fisher

3.1.5.1. verifica diferenças na distribuição de uma característica em função de outra, ambas categorizadas

4. HHV: herpes vírus humano

4.1. Tipo 1a tipo 8

5. Resultados

5.1. Predomínio no desenvolvimento de neoplasias epiteliais em pessoas de pele clara

5.2. HHV1 identificado em 21 pacientes do GE e em 20 do GC, entre peles sãs e doentes

5.3. Apenas em pele sã, HHV1 presente em 10 amostras do GE e em 20 do GC

5.4. no GE, 17 amostras de biopsias tumorais e 10 de pele normal continham DNA do DDV1

6. Discussão

6.1. Radiação UV pode afetar do DNA

6.2. presença significativa de HHV1 na pele sã de não portadores de neoplasias comparado aos de pele sã portadores

6.3. padrão mais agressivo nos tumores de pacientes com o vírus

6.4. Não há como saber se o grupamento viral facilitaria a neoplasia ou se é coincidência

7. Conclusão

7.1. Alta prevalência do vírus nos dois grupos

7.2. Não foi identificado relação direta, mas tem de se considerar que pode ocorrer participação do vírus no processo neoplásico