Conceitos básicos sobre o Metabolismo

Mapa mental sobre alguns conceitos do metabolismo bioquimico

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Conceitos básicos sobre o Metabolismo by Mind Map: Conceitos básicos sobre o Metabolismo

1. Energia Livre

1.1. Existem várias formas de energia livre que são capazes de produzi um trabalho, elas podem ser energia cinética,térmica,elétrica, nuclear, potencial entre outras

1.1.1. Entropia é uma forma de energia, não utilizável, ou seja "inútil". A variação de energia livre de um sistema está determinada pela variação de entalpia; pela temperatura do meio e pela variação da entropia.

1.1.2. O ATP constitui o vinculo entre as reações produtoras e as reações consumidoras de energia. O ATP e ADP são reagentes obrigatórios em quase enzimáticos de transferência de grupo fosfato.

1.1.2.1. O ADP serve como intermediário receptor fosfato que provém dos compostos fosfatos de alta energia e o ATP como doador do grupo fosfato para compostos de baixa energia.

1.1.3. A entalpia é definida como conteúdo calórico de um sistema.

1.2. Leis da Termodinâmica é definido como uma parte limitada do universo, caracterizada por um conjunto finito de variáveis.

1.2.1. 1°Lei da Termodinâmica

1.2.1.1. é o principio da conservação da energia, a qual estabelece que em qualquer mudança física ou química, isto é, a energia do universo permanece igual.

1.2.2. 2° Lei da Termodinâmica

1.2.2.1. Estabelece, portanto, que o direcionamento dos processos no universo está determinado pela tendência para atingirem um valor máximo de entropia

2. O estudo das trocas de energia entre os seres vivos, eles precisam de energia para poder manter o equilíbrio de sua estrutura para se locomoverem, reproduzir, e manter diferentes processos como crescimento.

2.1. Bioenergética

3. Ciclos da matéria na Biosfera

3.1. Os ciclos biogeoquímicos envolvem a retirada e o retorno dos elementos químicos na biosfera.

3.2. Ciclo do Carbono os organismos heterotótroficos não podem utilizar o CO2 da atmosfera, devendo utilizar como organismos autotróficos oxidando-os graças ao oxigênio atmosférico.

3.3. Ciclo do Oxigênio os animais e vegetais fixam diretamente o O2 da atmosfera mas os vegetais , dierentamente dos animais,também liberam O2 atmosférico é produzido pelos organismos marinhos e outra grande parte pelas florestas.

3.4. Ciclo do Nitrogênio alguns microrganismos podem utilizar esse nitrogênio volátil através do processo denominado fixação biológica do nitrogênio,no qual o N2 atmosférico é reduzido a a amônia (NH2).

4. Divisão do trabalho no Metabolismo

4.1. Cada célula,cada tecido e cada órgão no organismo animal têm função específica , fato que é refletido e sua anatomia e sua atividade metabólica.

4.1.1. O fígado

4.1.1.1. Exerce o papel centralizador no metabolismo, sintetizante e distribuindo nutrientes aos órgãos periféricos pela circulação sanguínea.

4.1.2. Tecido Adiposo

4.1.2.1. As células adiposas podem realizar a glicólise, o ciclo do ácido cítrico e a fosforilação oxidativa

4.1.3. Tecido Muscular

4.1.3.1. Este tecido consome cerca de 50% do oxigênio que entra no organismo sob condições de repouso ou de exercício leve e 90% sob condições de trabalho muscular intenso

4.1.4. Cerébro

4.1.4.1. Quase 20% do oxigênio consumido pelo organismo é gasto no cérebro sem que este gasto tenha muita variação durante a vigília ou durante o sangue.

4.1.5. Sangue

4.1.5.1. A corrente circulatória é o meio de interconexão entre todos os tecidos. Através dela são transportados os nutrientes desde o trato gastrointestinal até o fígado e deste o tecido adiposo e os demais órgãos.

5. Enzimas

5.1. As enzimas ilustram a grande variedade de proteínas existentes na natureza. Graças às enzimas são possíveis todas as reações químicas que ocorrem nos seres vivos e que permitem a manutenção da vida.

5.2. São classificadas possuem sistema baseado geralmente na adição do sufixo -ase ao nome de seu substrato ou a uma nomeclatura dentro de um sistema internacional

5.3. as enzimas atuam diminuindo a energia de ativação da reação devido a formação de um complexo com o substrato que causa mudanças conformacionais e facilita a passagem do estado transicional para a geração do produto.

5.4. As enzi,mas possuem valores potimos de pH e temperatura, isto é, aqueles pontos nos quais sua atividade é maior. As enzimas possue isoenzimas e cofatores enzimáticos qye a as compõem e também podem possuir vários tipos de inibidores.