Gênero Moniezia

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Gênero Moniezia by Mind Map: Gênero Moniezia

1. Família Anoplocephalidae

2. Moniezia expansa

2.1. Mede 1,5 cm de largura

2.2. Ovo em forma triangular

2.3. Glândulas interproglotidianas

2.4. Espalham nas bordas da proglotes

3. Característica gerais

3.1. Estróbilo divido em seguimentos: proglotes

3.2. Mais largas que longas

3.3. 2 conjuntos de órgãos genitais

3.4. Tênias longas 1 a 6 metros

4. Moniezia benideni

4.1. Mede 2,5 cm de largura

4.2. Ovo em forma quadrangular

4.3. Glândulas interproglotidianas

4.4. Se limitam a uma fileira curta próxima à parte central de segmento.

5. Hospedeiros

5.1. HD contém vermes adultos no intestino.

5.2. Eliminação de proglotes grávidas pelas fezes. Ingestão dos ovos pelo HI. Larva cisticercóides se desenvolvem no HI em 2 a 6 meses dependendo das condições climáticas.

5.3. HI é ingerido pelo HD.

5.4. Cestoides vivem de 2 a 6 meses quando eliminados nas fezes.

5.5. Hospedeiro Definitivo: Bovinos, caprinos e ovinos(ruminantes)

5.6. Hospedeiros Intermediários: Ácaros e

6. Informações importantes

6.1. Os animais se contaminam durante a alimentação

6.2. Mais comum: no primeiro ano de vida, verão.

6.3. Principalmente em regiões temperadas (aumento da infestação das pastagens pelos ácaros)

6.4. Se alimentam de conteúdo intestinal, competição pela absorção de nutriente.

6.5. A presença de muitos parasitas pode causar obstrução no intestino e raramente morte.

7. Sinais e sintomas

7.1. Pode ser assintomática

7.2. Inflamação + palidez da mucosa intestinal

7.3. Anemia

7.4. Aumento abdominal

7.5. Sede, Emagrecimento

7.6. Hipovitaminose ligada ao complexo B

7.7. Distúrbios metabólicos

8. Tratamento

8.1. Anti - helmínticos

9. Diagnostico

9.1. Exame coproparasitológico

10. Ciclo Evolutivo

10.1. Ácaros microscópicos das pastagens se alimentam dos ovos deste parasita e desenvolvem uma larva no seu interior

10.2. Os animais ingerem esta pastagem com ácaros contaminados.

10.3. O parasita fica na sua forma adulta no intestino, e elimina as proglotes, pelas fezes

10.4. O parasita adulto elimina pedaços de seu corpo, os proglotes, cheios de ovos nas fezes. Estes proglotes parecem grãos de arroz e podem ser vistos a olho nu

11. Prevenção

11.1. Diminuir a lotação de animais nos pastos quando possível. Nas áreas mais úmidas da fazenda ou em locais que sabidamente estão mais contaminados

11.2. Não coloque o esterco diretamente no pasto, antes ele deve passar por um processo d fermentação(Esterqueira ou composteira.(Para que seja aproveitado como adubo, tem que antes eliminação dos ovos e larvas dos parasitas. )

11.3. A separação das categorias também é uma prática interessante de manejo, porque cada uma delas apresenta uma diferença de susceptibilidade

11.4. Reservar para fenação ou silagem. Estes processos eliminam o oxigênio do ambiente (silagem) ou diminuem muito a umidade (fenação) matando a maior parte das larvas de parasitas.

11.5. Manter em confinamento , pois no confinamento, o fornecimento do capim é realizado com volumoso livre de parasitas(ex:feno, silagem, concentrado, pré-secado,etc)