O USO DA VÍRGULA NAS ORAÇÕES SUBORDINADAS

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
O USO DA VÍRGULA NAS ORAÇÕES SUBORDINADAS by Mind Map: O USO DA VÍRGULA  NAS ORAÇÕES  SUBORDINADAS

1. Orações subordinadas substantivas

2. Não e recomendado o uso da vírgula entre uma oração subordinadas substantivas e a oração principal

3. Exemplo: Não permito | que você faça parte do meu grupo

4. Observação: O uso da vírgula somente se aplica às orações subordinadas substantivas apositivas, podendo também ser demarcadas pelos dois-pontos.

5. Orações subordinadas adjetiva

6. As orações subordinadas adjetivas restritivas não são separadas por vírgula.

7. Exemplo: A menina| que estuda no colégio Dom Bosco | recebeu a premiação. Or. principal  | or. subordinada adjetiva restritiva    | oração principal.

8. As orações subordinadas adjetivas explicativas vêm sempre demarcadas pela vírgula.

9. Exemplo: Dom Casmurro, obra de Machado de Assis, é uma excelente opção de leitura. Oração principal       | subordinada explicativa      | oração principal.

10. Orações subordinadas adverbiais

11. Exemplo: Como desejava passar no vestibular|, matriculou-se em cursinho especializado. Oração subordinada adverbial causal | oração principal. Oração principal| oração subordinada adverbial final

12. Geralmente, recomenda-se o uso da vírgula em todas as orações subordinadas adverbiais

13. Atenção: Caso a oração subordinada esteja posposta à principal, o uso da vírgula é dispensado.

14. Orações subordinadas reduzidas

15. A mesma regra que se aplica às subordinadas desenvolvidas,aplica-se também às reduzidas, ou seja, quando a oração reduzida vier antes da principal, a vírgula é necessária, e quando vier depois, não é obrigatória.

16. Exemplos: Para acalmar os pequenos |, sugeri uma leitura. Or. subord. adv. reduzida | oração principal.

17. Exemplo: Sugeri uma leitura | para acalmar os pequenos. Oração principal | oração subordinada adverbial reduzida.