ÉMILE DURKHEIM (1858 - 1917)

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
ÉMILE DURKHEIM (1858 - 1917) by Mind Map: ÉMILE DURKHEIM (1858 - 1917)

1. RESPONSÁVEL PELA CRIAÇÃO, NA ACADEMIA, DA DISCIPLINA DE SOCIOLOGIA

2. CONSIDERADO PAI DA SOCIOLOGIA

3. TRABALHOU PARA COMPREENDER COMO AS SOCIEDADES PODERIAM MANTER A COERÊNCIA E INTEGRIDADE NA ERA MODERNA

4. TENTAVA MOSTRAR QUE OS FENÔMENOS DA RELIGIÃO ESTÃO MAIS LIGADOS A FATORES SOCIAIS DO QUE A FATORES DIVINOS

5. TEVE GRANDE INTERESSE EM APLICAR A ABORDAGEM CIENTÍFICA NA SOCIEDADE

5.1. ISSO FEZ COM QUE EXISTISSEM VÁRIOS CONFLITOS COM O SISTEMA DE ENSINO FRANCÊS, QUE AINDA NÃO TINHA UM CURRÍCULO DEFINIDO DE CIÊNCIAS SOCIAIS

6. ACHAVA QUE OS ESTUDOS DE HUMANIDADES ERAM POUCO INTERESSANTES, DANDO MAIOR ATENÇÃO A FILOSOFIA, ÉTICA E PSICOLOGIA

7. AO MUDAR-SE PARA A ALEMANHA, DÁ MAIOR VALOR PARA O EMPIRISMO

8. EMBORA TIVESSE IDEIAS PRÓXIMAS A KARL MARX, FOI DISCRETO NA MAIOR PARTE DO TEMPO QUANDO O ASSUNTO ERA POLÍTICA

8.1. ENTRETANTO, NÃO ACEITOU A OBRA DE MARX POR NÃO ACREDITAR QUE NÃO ERA CIENTÍFICA, MAS MUITO DOGMÁTICA

8.2. PENSAVA QUE O MARXISMO TENDIA MUITO AO REACIONARISMO, SENDO MUITO RADICAL, VIOLENTO E CHEIO DE CONFLITOS

9. PONTUA QUE OS FATOS SOCIAIS SÃO TÃO IMPORTANTES QUANTO O MUNDO FÍSICO É PARA UM FÍSICO, FAZENDO PARTE DE UMA REALIDADE OBJETIVA

9.1. DESTACOU TRÊS CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS

9.2. 1. GENERALIDADE

9.3. 2. COERCITIVIDADE

9.4. 3. EXTERNALIDADE

10. COMO OS FATOS SÃO EXTERNOS À PESSOA, ELES EXISTEM SEM QUE O INDIVÍDUO TENHA CONSCIÊNCIA

10.1. O SER HUMANO TEM CONTATO COM VÁRIOS FATOS SOCIAIS, A COMEÇAR PELA EDUCAÇÃO, TENTADO FAZER COM QUE MUITAS CARACTERÍSTICAS SE TORNEM INTERNALIZADAS

10.2. DESSA FORMA, COMO OS FATOS SOCIAIS SE TORNAM HABITUAIS, O CARÁTER DA COERCITIVIDADE PODE FICAR DISFARÇADO

10.2.1. A ISSO ELE CHMOU DE "PRINCÍPIO DA SOCIALIZAÇÃO"

11. MOSTRA QUE O SUICÍDIO É UM FATO SOCIAL QUE ESTÁ CONECTADO A VÁRIAS MOTIVAÇÕES DOS INDIVÍDUOS, ALÉM DE INFLUÊNCIAS COLETIVAS

11.1. ARGUMENTA QUE O SUICÍDIO TEM UMA ESPÉCIE DE PODER SOBRE AS PESSOAS, SENDO ASSIM, COMO HÁ COERÇÃO EXTERNA, ISSO PODE SER ANALISADO PELO PONTO DE VISTA SOCIOLÓGICO

11.2. LANÇANDO MÃO DE ESTATÍSTICAS, MOSTROU QUE O FENÔMENO É NORMAL, ACONTECENDO COM REGULARIDADE EM GRANDE PARTE DAS SOCIEDADES

11.3. DIZ QUE HÁ TRÊS TIPOS DE SUICÍDIO

11.3.1. 1. O SUICÍDIO ANÔMICO, QUE É QUANDO A SOCIEDADE ESTÁ EM CRISE, SE DEGRADANDO. ASSIM, O INDIVÍDUO PERDE A FÉ NA SOCIEDADE

11.3.2. 2. SUICÍDIO EGOÍSTA, QUANDO O INDIVÍDUO NÃO SE SENTE PERTENCENTE A DETERMINADA SOCIEDADE

11.3.3. 3. POR FIM, SUICÍDIO AUTRUÍSTA, QUANDO É FEITO DE FORMA A DEFENDER UMA SOCIEDADE COESA