Reforma Sanitária e a Criação do SUS

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Reforma Sanitária e a Criação do SUS by Mind Map: Reforma Sanitária e a Criação do SUS

1. A saúde sob as amarras da ditadura

1.1. -1960 -o país vivia sob a duplicidade de um sistema cindido entre a medicina previdenciária e a saúde pública -O primeiro setor tinha ações dirigidas à saúde individual dos trabalhadores formais, prioritariamente para as zonas urbanas - A saúde pública, sob o comando do Ministério da Saúde (MS), direcionada principalmente às zonas rurais e aos setores mais pobres da população

2. Os anos 70 e as políticas de saúde

2.1. -MS ampliou o repasse de verbas para os estados e passou a desenvolver projetos verticais direcionados ao controle de algumas doenças -1975 Sistema Nacional de Saúde - o Ministério da Educação e Cultura as políticas de formação e habilitação de profissionais de nível superior, técnico e auxiliar para o sistema de saúde, a manutenção dos hospitais universitários e de ensino, bem como a produção de diretrizes para a formação de pessoal de saúde

3. Novas ideias e práticas para saúde

3.1. - Abrasco e Cebes - Programa de Interiorização de Ações de Saúde e Saneamento (Piass) - A formação e capacitação de pessoal técnico e auxiliar para a saúde. O Programa de Preparação Estratégica de Pessoal de Saúde (Ppreps) -Controle das doenças, notadamente transmissíveis, a promoção da saúde e melhoria da qualidade geral de vida; no lugar de um setor dividido entre saúde pública e medicina previdenciária, um sistema unificado e universal.

4. A saúde no processo de abertura

4.1. - Movimento popular pela saúde - Movimento dos médicos - 1980, esses grupos alcançaram expressão nacional a partir dos encontros nacionais de medicina comunitária - O estabelecimento de convênios entre os estados federados, o MS e o MPAS -Ações Integradas de Saúde (AIS) - Proposta de Ampliar a atenção básica à saúde como caminho para atingir a meta de saúde para todos até o ano 2000

5. Saúde e Redemocratização

5.1. - Fortalecer o setor público de saúde, expandir a cobertura a todos os cidadãos e integrar a medicina previdenciária à saúde pública, constituindo assim um sistema único -Partido Sanitário -1990 a concretização dos princípios do SUS (equidade, integralidade e universalidade); - 1994,Privatização de empresas estatais, adoção de reformas institucionais