Capitulo 5 PMBOK: ESCOPO

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
Capitulo 5 PMBOK: ESCOPO by Mind Map: Capitulo 5 PMBOK: ESCOPO

1. Assegurar só o necessário para terminar projeto com sucesso

1.1. Coletar requisitos

1.1.1. O processo de definição e documentação das necessidades das partes interessadas para alcançar os objetivos do projeto

1.1.2. Coletar os requisitos é definir e gerenciar as expectativas do cliente

1.1.3. Esses requisitos se transformam na fundação do EAP

1.1.4. Entradas

1.1.4.1. Termo de abertura do projeto

1.1.4.1.1. Usado para fornecer os requisitos do projeto em alto nivel para que a descrição detalhada do produto seja desenvolvida

1.1.4.2. registro das partes interessadas

1.1.4.2.1. usado para identificar as partes que podem fornecer informações sobre o projeto

1.1.5. Ferramentas e técnicas

1.1.5.1. Entrevistas

1.1.5.1.1. entrevistas para extrair informações das partes interessadas

1.1.5.2. Dinâmicas de grupo

1.1.5.2.1. Une as partes interessadas pre qualificadas e especialistas para aprender o assunto

1.1.5.3. Oficinas

1.1.5.3.1. Une as partes interessadas para definir os requisitos do produto

1.1.5.3.2. Técnica primaria para definir rapidamente os requisitos

1.1.5.4. Técnicas de criatividade em grupo

1.1.5.4.1. Brainstorming

1.1.5.4.2. Técnica de grupo nominal

1.1.5.4.3. Técnica Delphi

1.1.5.4.4. Mapas mentais

1.1.5.4.5. Diagrama de afinidade

1.1.5.5. Técnica de tomada de decisão em grupo

1.1.5.5.1. Utilizadas para gerar, classificar e priorizar os requisitos do produto

1.1.5.6. Questionário e pesquisa

1.1.5.6.1. Utilizado para conseguir um grande numero de informações rapidamente

1.1.5.7. Observação

1.1.5.7.1. Feita ao analisar a utilização do produto, na maioria das vezes realizada de forma externa

1.1.5.8. Protótipos

1.1.5.8.1. Utilizado para conseguir respostas iniciais atraves de um modelo funcional

1.1.6. Saídas

1.1.6.1. Documentação dos requisitos

1.1.6.1.1. Descreve como os requisitos individuais atendem as necessidades do negócio para o projeto

1.1.6.1.2. Requisitos para checar ambiguidade

1.1.6.2. Plano de gerenciamento dos requisitos

1.1.6.2.1. documenta como os requisitos serão analisados

1.1.6.3. matriz de rastreabilidade de requisitos

1.1.6.3.1. Tabela que liga os requisitos a suas origens e os rastreia durante todo o ciclo de vida do projeto

1.1.6.3.2. Garante adição de valor de negocio aos requisitos

1.1.6.3.3. garante que os requisitos aprovados sejam entregues ao final do projeto

1.2. Definir escopo

1.2.1. O processo de desenvolvimento de uma descrição detalhada do projeto e do produto

1.2.2. O escopo é defiinido com maior especificidade conforme as informações do projeto são conhecidas

1.2.3. Entradas

1.2.3.1. Termo de abertura do projeto

1.2.3.1.1. Fornece descrição em alto nivel do projeto e das características do produto

1.2.3.1.2. Contém requisitos de aprovação do projeto

1.2.3.2. Documentação dos requisitos

1.2.3.3. Ativos de processos organizacionais

1.2.3.3.1. Ajudam a definir o escopo do projeto

1.2.4. Ferramentas e técnicas

1.2.4.1. Opnião especializada

1.2.4.1.1. Utilizado para analisar as informações necessarias para desenvolver a declaração do escopo do projeto

1.2.4.1.2. Consultores

1.2.4.1.3. Partes interessadas, inclusive clientes e patrocinadores

1.2.4.1.4. Associações profissionais e técnicas

1.2.4.2. Análise do produto

1.2.4.2.1. Analise do produto pode ser em cima de uma ferramenta efetiva para casos em que se trabalha com a entrega efetiva de um produto

1.2.4.3. Identificação de alternativas

1.2.4.3.1. Usada para gerar diferentes metodos para se executar e desempenhar o trabalho do projeto

1.2.4.3.2. Brainstorming

1.2.4.3.3. pensamento lateral

1.2.4.3.4. comparações em pares

1.2.4.3.5. ...

1.2.4.4. Oficinas

1.2.5. Saídas

1.2.5.1. Declaração do escopo do projeto

1.2.5.1.1. descreve detalhadamente as entregas do projeto e o trabalho necessário para criar as mesmas

1.2.5.1.2. Fornece também um entendimento comum entre as partes interessadas

1.2.5.2. Atualizações do documento do projeto

1.2.5.2.1. Registro das partes interessadas

1.2.5.2.2. Documentação dos requisitos

1.2.5.2.3. matriz de rastreabilidades de requisitos

1.3. Criar a EAP

1.3.1. O processo de subdivisão das entregas e do trabalho do projeto em componentes menores e mais facilmente gerenciaveis

1.3.2. Entradas

1.3.2.1. declaração do escopo do projeto

1.3.2.2. Documentação dos requisitos

1.3.2.3. Ativos de processos organizacionais

1.3.2.3.1. Politicas, procedimentos e modelos para a EAP

1.3.2.3.2. Arquivos de projetos anteriores

1.3.2.3.3. Lições aprendidas de projetos anteriores

1.3.3. Ferramentas e técnicas

1.3.3.1. decomposição

1.3.3.1.1. Divisão das subdivisões do projeto em componentes menores

1.3.4. Saídas

1.3.4.1. EAP

1.3.4.1.1. Decomposição hierarquica orientada a entrega do trabalho

1.3.4.2. Dicionário EAP

1.3.4.2.1. Fornece descrições mais detalhadas da EAP

1.3.4.3. Linha de base do escopo

1.3.4.3.1. Componente do plano de gerenciamento do projeto

1.3.4.4. Atualizações dos documentos do projeto

1.3.4.4.1. Atualização da documentação de requisitos

1.4. Verificar o escopo

1.4.1. O processo de formalização da aceitação das entregas terminadas do projeto

1.4.2. Entradas

1.4.2.1. Plano de gerenciamento do projeto

1.4.2.1.1. Declaração do escopo do porjeto

1.4.2.1.2. EAP

1.4.2.1.3. Dicionário da EAP

1.4.2.2. Documentação dos requisitos

1.4.2.3. Matriz de rastreabilidade

1.4.2.4. Entregas validadas

1.4.2.4.1. Entregas validadas foram concluidas e verificadas quanto a sua precisão

1.4.3. Ferramentas e técnicas

1.4.3.1. Inspeção

1.4.3.1.1. Medição

1.4.3.1.2. exame

1.4.3.1.3. verificação

1.4.4. Saídas

1.4.4.1. Entregas aceitas

1.4.4.1.1. Aprovadas as entregas de acordo com a aceitação

1.4.4.2. Solicitações de mudança

1.4.4.2.1. Entregas que nao foram formalmente aceitas são documentadas com o criterio de rejeição

1.4.4.3. Atualizações dos documentos de projeto

1.4.4.3.1. Falta de informação

1.5. Controlar o escopo

1.5.1. O processo de monitoramento do progresso e escopo do produto e gerenciamento das mudanças feitas na linha de base do escopo

1.5.2. Entradas

1.5.2.1. Plano de gerenciamento do projeto

1.5.2.1.1. Define se ação corretiva é necessario

1.5.2.1.2. Trata das estratégias para as ações corretivas

1.5.2.2. Informações sobre o desempenho do trabalho

1.5.2.2.1. Informações sobre o progresso do trabalho

1.5.2.3. Documentação de requisitos

1.5.2.4. Matriz de rastreabilidade

1.5.3. Ferramentas e técnicas

1.5.3.1. Medições do desempenho do trabalho

1.5.3.2. Atualizações de ativos de processos organizacionais

1.5.3.2.1. Causas da variação

1.5.3.2.2. Ações corretivas escolhidas e suas razões

1.5.3.2.3. ...

1.5.3.3. Solicitações de mudança

1.5.3.3.1. Ações de mudança podem incluir ações preventivas ou corretivas

1.5.3.4. Atualização do plano de gerenciamento do projeto

1.5.3.4.1. Se as atualizações afetam o escopo do projeto a declaração deste do EAP e do dicionario têm que ser publicados novamente

1.5.3.5. Atualizações dos documentos do projeto

1.5.3.5.1. Atualização

2. Escopo

2.1. escopo do produto

2.1.1. Características que descrevem um produto, serviço ou resultado

2.2. Escopo do projeto

2.2.1. Trabalho necessário para entregar um produto com as caracteristicas e funções especificadas