Online Mind Mapping and Brainstorming

Create your own awesome maps

Online Mind Mapping and Brainstorming

Even on the go

with our free apps for iPhone, iPad and Android

Get Started

Already have an account? Log In

Conhecimento hoje by Mind Map: Conhecimento hoje
0.0 stars - 0 reviews range from 0 to 5

Conhecimento hoje

As presentes notas foram sugeridas pela leitura dos textos relativos ao novo mundo do conhecimento. Elas são rigorosamente pessoais,  constituem reflexões sugeridas pelas leituras, e não propriamente reproduções ou resumos dessas leituras. Junto a cada nota é lançada uma referência, que remete ao texto que a deflagrou. Procurei evitar a tentação de abordar todos os aspectos mencionados nos textos. Preferi filtrar o conteúdo, e abordar apenas os aspectos que, de um ponto de vista pessoal, poderiam ser considerados mais significativos.    

Individual

O conhecimento sempre foi uma aventura pessoal. "Conhece-te a ti mesmo", diziam os gregos. A construção do indivíduo se dá por um processo de identidade e diferenciação, e hoje, a redução das distâncias potencializa, como nunca, esse processo. Posso agora pertencer a uma tribo que ultrapassa meu bairro. O jogo de identidade e diferenciação toma dimensões globais. Indivíduos diferentes sabem coisas diferentes. Se o saber é um conhecimento que pode ser usado com proveito, a diferenciação do indivíduo conduz à multiplicação dos saberes. Saberes também são individuais e intransferíveis, resultado da história pessoal de cada um.  

Novos espaços

Ao lado dos espaços tradicionais do conhecimento surgem novos. Escolas, bibliotecas e museus não são mais os únicos repositórios do saber. As novas tecnologias dialogam com os espaços antigos, criando novas possibilidades. Que tal um site de genealogia em que cada pessoa possa colocar a sua árvore genealógica, e que o resultado seja uma genealogia coletiva? Que tal um arquivo virtual em que cada um possa depositar os documentos (ou cópias digitalizadas) daquilo que fosse mais importante para a sua biografia, construindo uma biografia coletiva? Essa biografia seria verdadeira? As tecnologias digitais colocam dois desafios: a autenticidade e a permanência.    

Criativo

Criatividade é a capacidade de fazer associações inusitadas. É a capacidade de unir duas visões ou dois aspectos diferentes de um problema. Isso tem relação com a individualidade: as soluções novas têm a ver com uma história pessoal, que permitiu o acesso a certas informações e não a outras. A criatividade aparece em dois aspectos. A solução dos problemas pode ser criativa, por um lado. Mas a própria formulação do problema implica uma certa dose de criatividade. Mas se os problemas e as soluções são cada vez mais pessoais, a sua validade também pode ser mais limitada. Conhecimento pessoal, conhecimento criativo: conhecimento efêmero?    

Efêmero

O conhecimento não só é efêmero, mas é abundante. A obsolescência do conhecimento é acelerada (uma meia-vida cada vez mais curta). As fontes de informação se multiplicam. As necessidades de informação crescem. Isso gera a angústia do conhecimento. A modernidade acelerou um processo antigo. "Sei que nada sei", era a máxima do filósofo grego. Como antes, a solução para a incapacidade de saber tudo está em saber o que é importante. Selecionar. Essa é a chave. Não é possível saber tudo, portanto é necessário saber o que importa. É necessário dialogar com o indivíduo, com sua história e com seu meio.  

Dinâmico

Um preceito religioso diz que, mais importante do que dar o peixe, é ensinar a pescar. Hoje, o conhecimento cresce exponencialmente, e a sua meia vida é cada vez menor. A formação profissional deve, então, ensinar a pescar. Sempre houve a formação profissional e a formação para a pesquisa. O desafio hoje é que o profissional também precisa criar conhecimento. Não um conhecimento original (novo para a ciência) mas um conhecimento pessoal. O ensino hoje não tem mais a tarefa de ensinar conhecimentos. Mais importante é ensinar como adquirir conhecimentos. O desafio é criar um profissional capaz de identificar suas necessidades e de correr atrás do conhecimento para satisfazê-las.    

Verdadeiro?

Porcos e plantas que brilham no escuro existem ou são truques de efeitos especiais? A partir do momento em que nosso contato com o mundo é mediatizado pela tecnologia, coloca-se uma velha pergunta: isso existe, mesmo? Imagens podem ser tratadas, sons podem ser sintetizados, o mundo digital recoloca a questão da autenticidade. A propósito, esse seu guru, cujos textos nós citamos com tanta empolgação: quem nos garante que ele existe, mesmo?