Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
URINA by Mind Map: URINA

1. Amarelo Escuro

1.1. Normalmente é uma urina extremamente concentrada, devido a pouca quantidade de água disponibilizada pelos rins para diluí-la.

1.2. Doenças relacionadas

1.2.1. Algumas doenças como a hepatite, que cursam com a presença de bilirrubina na urina, podem apresentar uma urina escurecida. Na hepatite, a urina escura costuma vir acompanhada de uma pele com coloração amarelada, chamada icterícia.

1.3. A presença de sangue costuma deixar a urina avermelhada, mas se o sangramento for em pequena quantidade, a urina pode adquirir uma coloração apenas um pouco mais escura que o habitual.

1.4. Medicamentos

1.4.1. Entre os medicamentos, o antibiótico metronidazol é aquele que mais frequentemente causa escurecimento do amarelo da urina.

1.5. Alimentos

1.5.1. Entre os alimentos, o aspargo é o que mais frequente provoca um aumento da tonalidade do amarelo na urina

1.6. Análises laboratoriais

1.6.1. Presença de bilirrubina na amostra de urina

2. ROXA

2.1. Quando a cor arroxeada está relacionada a alimentos, o mecanismo é relativamente complexo e envolve a metabolização do triptofano, um aminoácido presente em alimentos por bactérias presentes na urina

2.1.1. Esta metabolização pode produzir pigmentos azuis e vermelhos, que ao se misturarem, produzem uma urina roxa.

2.1.2. Peixes

2.1.3. Peru

2.1.4. Ovo

2.1.5. Arroz integral

2.1.6. Chocolate amargo

2.1.7. Nozes

2.1.8. Castanhas

2.1.9. Leguminosas

2.1.10. Queijo tofu

2.2. Uma urina arroxeada pode ser causada por colonização do trato urinário por bactérias que alcalinizam a urina,

2.2.1. Providencia stuartii

2.2.2. Destaca-se, porém, que uma urina roxa causada por uma infecção urinária é um fato bem incomum e só costuma ocorrer em pacientes acamados e que usam cateter vesical de forma prolongada. Por este motivo, a ocorrência de urina roxa é muito mais comum nos pacientes internados em hospitais do que na população sadia

2.2.3. Klebsiella pneumoniae (KPC)

2.2.4. Pseudomonas aeruginosa

2.2.5. Escherichia coli

2.2.6. Enterococcus

2.3. Alimentos

2.3.1. A urina também pode apresentar um tom arroxeado se o paciente ingerir grandes quantidades de amoras ou beterraba, apesar disso não ser comum

2.4. Patologias

2.4.1. Ph urinário elevado

2.4.2. Insuficiência renal

3. LARANJA

3.1. estado de desidratação, que provoca uma urina muito concentrada

3.1.1. a cor laranja é geralmente provocada pela presença de sangue ou de bilirrubina na urina.

3.2. Estados de hipovolemia resultam em baixa perfusão renal e geração de urina muito concentrada e em pouca quantidade, como no choque hipovolêmico, choque anafilático e choque séptico

3.3. Alimentos

3.3.1. A ingestão de grandes quantidades de beterraba, cenoura ou amoras silvestres também podem levar a uma urina alaranjada.

3.3.2. Na verdade, qualquer alimento contendo carotenoides, pigmentos ou corantes de cor laranja ou vermelha, se ingeridos em grande quantidade, podem mudar a cor da urina para uma tonalidade laranja.

3.4. Medicamentos

3.4.1. Rifampicina

3.4.2. Ingestão de vitamina B, principalmente a riboflavina (Vitamina B2), também é uma causa possível

3.4.3. Pyridium

3.4.4. Nitrofurantoína

4. VERDE

4.1. Uma das origens mais comuns de uma urina esverdeada é a ingestão de corantes, principalmente o azul de metileno, muito usado em alguns testes diagnósticos

4.2. Doença Relacionada

4.2.1. Metemoglobinemia

4.2.2. Eventualmente, a origem de uma urina esverdeada é uma infecção urinária

4.2.2.1. Bactéria

4.2.2.1.1. Pseudomonas aeruginosa

4.3. Alimentos

4.3.1. o aspargo é quem mais frequentemente provoca esta alteração na cor

4.3.2. Os corantes utilizados nas cerveja de cor verde também podem provocar uma urina esverdeada

4.3.3. Alcaçuz preto também é rico em corante verde e pode alterar a cor da urina

4.4. Medicamentos

4.4.1. Amitriptilina

4.4.2. Propofol

4.4.3. Indometacina

5. VERMELHA

5.1. Urina vermelha, em geral, é sinal de sangramento nas vias urinárias

5.1.1. Uma doença chamada metahemoglobinemia também pode ser a causa

5.2. Em uma pessoa com boa hidratação, a urina vermelha pode ficar diluída pela água e se apresentar mais rosada ou alaranjada. Ao longo do dia, a urina pode variar entre vermelho, rosa ou laranja, dependendo da quantidade de água para diluí-la.

5.3. Medicamentos

5.3.1. Anticoagulantes podem levar à hematúria e, consequentemente, urina avermelhada

5.3.1.1. Varfarina

5.3.1.2. Heparina

5.3.2. Laxantes, principalmente os que possuem “Sena” em sua fórmula

5.3.3. Rifampicina

5.3.4. Pyridium

5.3.5. Vitamina B

5.4. Alimentos

5.4.1. Beterraba

5.4.2. Amora

6. AZUL

6.1. Normalmente a urina azulada é causada por medicamentos ou ingestão de corantes

6.1.1. Azul de metileno

6.2. Doença relacionada

6.2.1. Infecção bacteriana

6.2.1.1. Pseudomonas aeruginosa

6.2.2. A hipercalcemia benigna familiar, uma doença hereditária rara, é às vezes chamada de síndrome da fralda azul, porque as crianças com esse transtorno podem ter uma urina azul.

6.3. Medicamentos

6.3.1. Triantereno

6.3.2. Amitriptilina

6.3.3. Indometacina

6.3.4. Viagra

7. PRETA/ MARROM ESCURA

7.1. Doença relacionada

7.1.1. Alcaptonúria

7.2. Uma urina muito concentrada, que também contenha sangue, pode adquirir uma cor bem escura

7.3. Nos casos de icterícia, a urina pode ficar com cor castanha escura

7.4. Medicamentos

7.4.1. Cloroquina

7.4.2. Levodopa

7.4.3. Nitrofurantoína

7.4.4. Laxantes à base de Sena

7.4.5. Metronidazol

7.4.6. Metildopa

7.4.7. Hidroquinona

8. URINA ESPUMOSA

8.1. sugere a presença de proteínas

8.1.1. sinal de lesão renal

9. URINA LEITOSA

9.1. Presença de pus

10. URINA COM ODOR FORTE

10.1. muito concentrada

10.1.1. favorecendo a formação de cálculo renal

11. PROJETO DE MONITORIA DA DISCIPLINA DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS - MEM - UFF

12. Monitor: Rodrigo Pernas Cunha

13. Professora Orientadora: Simone Rembold

14. UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE

15. Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa - EEAAC