FRATURA MANDIBULAR

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
FRATURA MANDIBULAR by Mind Map: FRATURA MANDIBULAR

1. Exames requeridos, em ordem

1.1. Raio X

1.1.1. Tomografia

1.1.1.1. Ressonância magnética

1.1.1.1.1. Método

1.1.1.1.2. Tempo

1.1.1.1.3. Preço médio

1.1.1.1.4. Vantagens

1.1.1.1.5. Consta no

2. Sinais

2.1. Inflamação

2.1.1. Definição

2.1.1.1. Entrada de plasma, células e substâncias no tecido, a fim de eliminar invasores estranhos ou tecidos lesados

2.1.2. Mecanismo

2.1.2.1. Vasodilatação

2.1.2.2. Aumento da permeabilidade do vaso

2.1.2.3. Emigração de células de defesa

2.1.2.4. Fagocitose

2.1.3. Sinais da inflamação

2.1.3.1. Rubor (vermelhidão)

2.1.3.2. Calor (aquecimento)

2.1.3.3. Dor

2.1.3.4. Tumor (inchaço)

2.1.3.5. Perda de função

2.1.4. Mediadores

2.1.4.1. Citosinas

2.1.4.2. Metabólicos do ácido araquidônico

2.1.5. Malefício

2.1.5.1. Destruição de tecidos normais

2.2. Desoclusão dentária (de boca aberta)

2.3. Dificuldade de abertura bucal

3. Tratamento

3.1. Incruento

3.1.1. Intervenção cirúrgica

3.1.1.1. Complicações pós-operatórias

3.1.1.1.1. Fístula salivar da glândula parótida

3.1.1.1.2. Novo tópico

3.1.1.2. Tratamento pós-operatório

3.2. Cruento

3.2.1. Tratamento conservador

3.3. Novo tópico

4. Novo tópico

5. Principais causas

5.1. Acidentes automobilísticos

5.2. Violência

5.3. Atividades deportivas

5.4. Quedas

6. Incidência

6.1. Em ordem decrescente: sínfise, côndilo, ângulo, corpo, ramo e processo coronoide.

7. Planos de saúde

7.1. Negação de cobertura

8. Carência

8.1. Medicamentos

8.2. Equipamentos

9. Não necessidade

10. Laudo médico

11. MANDÍBULA (Anatomia)

11.1. Corpo

11.2. Ramo

11.3. Cabeça

11.4. Ângulo

11.5. Processo coronoide

11.6. Processo condilar

11.7. Sínfise mandibular

12. ATM Articulação temporomandibular

12.1. Sinovial elipsoide