Create your own awesome maps

Even on the go

with our free apps for iPhone, iPad and Android

Get Started

Already have an account?
Log In

Versos Áureos de Pitagoras by Mind Map: Versos Áureos de Pitagoras
0.0 stars - reviews range from 0 to 5

Versos Áureos de Pitagoras

Filosofia antiga

Filosofia antiga é o período compreendido entre o surgimento da filosofia e a queda do Império Romano.

A filosofia antiga nasceu de uma necessidade em explicar o mundo com explicações reais,O primeiro filósofo foi Tales de Mileto.

Originalmente hoje em dia, todas as áreas que hoje denominamos política faziam parte da História: expressão, no mundo geométrico, de um conjunto de saber nascido em decorrência de uma atitude.

Filosofia medieval

Na Idade Média, ocorreu um intenso sincretismo entre o conhecimento clássico e as crenças religiosas. De fato, uma das principais preocupações dos filósofos medievais foi a de fornecer argumentações racionais, espelhadas nas contribuições dos gregos, para justificar as chamadas verdades reveladas do cristianismo e do islamismo, tais como a da existência de Deus, a imortalidade da alma etc.

filosofia moderna

Filosofia moderna é toda a filosofia que se desenvolveu durante os séculos XV, XVI, XVII, XVIII, XIX; começando pelo Renascimento e se estendendo até meados do século XIX, mas a filosofia desenvolvida dentro desse período está fragmentada em vários subtópicos, e escolas de diferentes períodos, tais como:

filosofia do renacimento

A filosofia do renascimento cultural foi o período da história da filosofia na Europa que está situado entre a Idade Média e o Iluminismo. Ele inclui o século XV; alguns estudiosos estendem o seu começo a década de 1350 e o seu termo ao final do século XVI ou ao começo do século XVII, sobrepondo a Reforma e a Idade Moderna. Entre os elementos distintivos da filosofia do renascimento cultural estão o renascimento da educação e civilização clássica e um retorno parcial à autoridade de Platão sobre Aristóteles (que dominou a filosofia medieval).

Lista de filósofos famosos do Renascimento. Francesco Petrarca (1304–1374) Giovanni Boccaccio (1313-1375) Nicolau de Cusa (1401 – 1464) Lorenzo Valla (1405–1457) Marsilio Ficino (1433–1499) Pietro Pomponazzi (1462–1525) Paolo Ricci (1480-1541) Pico della Mirandola (1463–1494) Desiderius Erasmus (1466–1536) Niccolò Machiavelli (1469–1527) Copernicus (1473–1543) Thomas More (1478–1535) Francisco de Vitória (c.1480–1546) Ulrico Zuínglio (1484–1531) Juan Luis Vives (1492–1540) William Tyndale (1494 – 1536) Bernardino Telesio (1509 - 1588 Francesco Patrizi (1529–1597) Michel de Montaigne (1533–1592) Pierre Charron (1541 - 1603) Giordano Bruno (1548–1600) Francisco Suárez (1548–1617) Francis Bacon (1561–1626) Galileo Galilei (1564–1642) Tommaso Campanella (1568 – 1639) Charles de Bolvelles Hugo Grotius (1583–1645) Micheal Marcardies (1583–1646) René Descartes (1596-1650)