A Troca - Gn 25.29-34

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
A Troca - Gn 25.29-34 by Mind Map: A Troca - Gn 25.29-34

1. Introdução

1.1. 1. Na vida fazemos trocas, umas são benéficas, outras não.

1.2. 2. Devemos avaliar a qualidade de nossas trocas. Pois trocar implica em abrir mão, desistir de algo por outra coisa.

1.3. 3. As trocas também trazem consequências, se fizermos uma boa troca as consequências serão boas, mas se fizermos uma má troca as consequências também serão más.

2. Estratégia da Troca

2.1. 1. Ela é oportunista, assim como Jacó explorou seu irmão em um momento de fraqueza, um hábito escravizador será também oportunista e aproveitará o seu momento de fraqueza para tomar conta de você. Veja ( 29: Esaú estava exausta; 30: pois estou exausto).

2.2. 2. Ela é enganadora, quem negocia a troca e estabelece os termos dela é Jacó cujo nome significa "enganador".

2.3. 3. Ela seduz aos poucos (conjectura: Esaú sentiu o cheiro da comida, viu o aspecto agradável da comida, e provou um pouco da comida). "Deixa-me tragar dessa comida..." Bíblia do Peregrino

2.4. 4. Ela amplifica nossa necessidade, "...estou morrendo de fome..." 32

2.5. 5. Ela exige de nós um "compromisso", "...jura-me agora mesmo. Ele jurou..." 33

2.6. 6. Ela vai destruir você - O vermelho (Esaú) come aquilo que é vermelho (a comida). Isto é, Esaú devora a si mesmo.

3. Consequências da Troca

3.1. 1. Você terá o que quer - vs 34, mas aquilo que você quer não lhe dará prazer - comeu, bebeu, levantou-se e saiu -

3.2. 2. Você desprezará as oportunidades de uma nova vida que Deus lhe deu - Esaú deprezou o seu direito de primogenitura - vs 34.

3.3. 3. Talvez a Troca revelará que você só estava enteressado nas boas consequência de se ver livres das drogas por um tempo, mas na realidade você ainda não se arrependeu dos seus pecados (Veja Hb 12.16-17).