TEORIA DA ADM

FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO

Lancez-Vous. C'est gratuit
ou s'inscrire avec votre adresse e-mail
TEORIA DA ADM par Mind Map: TEORIA DA ADM

1. PAI DAS RELAÇÕES HUMANAS

2. Avaliação de Desempenho

3. Relações Humanas

3.1. Primeiro movimento de guerra, sindicalistas

3.2. PRODUÇÃO EM MASSA - INDUSTRIALIZAÇÃO (FORDISMO)

3.3. QUINTA FEITA NEGRA - 29/10/29 - QUEBRA DA BOLSA DE NY

3.3.1. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL COMEÇOU A ENTRAR EM QUEBRA

3.3.2. COM ALTA PRODUTIVIDADE, AUMENTOU-SE OS ESTOQUES SEM OFERTA SUFICIENTE, CRIANDO GRANDES ESTOQUES

3.3.3. PARALIZAÇÃO DA PRODUÇÃO

3.3.4. DESEMPREGO

3.4. SURGIMENTO DA PSICOLOGIA HUMANA DENTRO DAS EMPRESAS PELO ELTON MAYO

3.5. NECESSIDADE DE HUMANIZAR E DEMOCRATIZAR A ADM

3.6. ELTON MAYO

3.6.1. PRODUTIVIDADE LIGADA A RELAÇÕES INTERPESSOAIS - NORMAS SOCIAIS E EXPECTATIVAS EM GRUPO

3.6.2. IMPORTÃNCIA DA CAPACIDADE SOCIAL O EMPREGADOR LIGADO A EFICIÊNCIA

3.6.3. Um observador dentro da sala

3.6.4. FASE DAS LUZES:

3.6.4.1. PRIMEIRA FASE

3.6.4.1.1. grupo de observação – luz variável

3.6.4.1.2. grupo de controle – intensidade constante

3.6.4.2. SEGUNDA FASE

3.6.4.2.1. alterações das condições de trabalho

3.6.4.2.2. Flexibilidade horários

3.6.4.3. TERCEIRA FASE

3.6.4.3.1. Supervisão constante

3.6.4.3.2. Entrevista para ouvir sentimentos

3.6.4.4. QUARTA FASE

3.6.4.4.1. entrevistador fora da sala

3.6.4.4.2. Sistema de pagamento baseado na produção do grupo

3.7. Efeito Hawthorne

3.7.1. O nível de produção não é determinado pela capacidade física ou fisiológica do empregado (como afirmava a Teoria Clássica), mas por normas sociais e expectativas em grupo

3.7.2. O que pode tornar o grupo mais ou menos produtivo?

3.7.2.1. Quanto mais unido um grupo, maior a produtividade.

3.8. BEHAVIORISMO

3.8.1. Estudo do comportamento

3.8.2. SKINNER

3.8.2.1. USO DO REFORÇO

3.8.2.1.1. RECOMPENSAS POSITIVAS

3.8.2.1.2. RECOMPENSAS NEGATIVAS

3.8.3. KURT LEWIN

3.8.3.1. GRUPOS FORMADOS GERAM LIDERES

3.8.3.2. PSICOLOGO ALEMÃO, UM DOS PRIMEIROS A ESTUDAR AS ORGANIZAÇÕES

3.8.3.3. De acordo com essa teoria são as forças do ambiente que levam indivíduos diferentes a reagirem de forma diferente ao mesmo tipo de estimulo

3.8.3.4. O ESTUDO LEVA A IMPORTÂNCIA DA INTEGRAÇÃO SOCIAL

3.9. MOTIVAÇÃO HUMANA

3.9.1. COMO A PESSOA SE SENTE EM RELAÇÃO A EMPRESA

3.9.2. Douglas McGregor

3.9.2.1. TEORIA X E Y

3.9.2.1.1. as relações entre empresas e seus trabalhadores, essas teorias tratam de dois perfis de personalidade e comportamento de funcionários.

3.9.3. Abraham Maslow

3.9.3.1. As necessidades humanas estão dispostas em níveis, numa hierarquia de importância e influência

3.9.3.2. Hierarquia das necessidades

3.9.3.2.1. AUTO REALIZAÇÃO

3.9.3.2.2. ESTIMA

3.9.3.2.3. SOCIAIS

3.9.3.2.4. SEGURANÇA

3.9.3.2.5. FISIOLÓGICAS

3.9.4. Frederick Herzberg

3.9.4.1. Teoria dos dois fatores

3.9.4.1.1. FATORES HIGIÊNICOS

3.9.4.1.2. FATORES MOTIVACIONAL

3.9.5. Mc Clelland

3.9.5.1. Necessidades Motivadoras Dominantes

3.9.5.1.1. REALIZAÇÃO

3.9.5.1.2. PODER

3.9.5.1.3. AFLIÇÃO

4. REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

4.1. O contexto histórico da Revolução Industrial marca o surgimento e evolução da Administração.

4.2. Conceitos transformaram toda organização social e criaram novas relações sociais de trabalho, transformando o processo produtivo e acelerando a produção das mercadorias.

4.3. Crescimento vertiginoso e desorganizado das empresas que passaram a exigir uma administração científica

4.3.1. INDUSTRIALIZAÇÃO E USO DE MÁQUINAS

4.3.1.1. O operário tratado como rebanho

4.3.1.2. A organização, as condições insalubres e a exploração do trabalho.

4.3.1.3. As relações entre o homem e a tecnologia

4.3.2. O surgimento da Administração Científica

4.4. ADM CIENTIFICA E CLÁSSICA

4.4.1. Taylor é considerado o “Pai da Administração Científica”

4.4.2. Taylor propõe que administrar uma empresa deve ser tido como uma ciência.

4.4.3. Planejamento e método de trabalho

4.4.4. Ênfase nas tarefas

4.5. HENRY FORD ADM CIENTIFICA

4.5.1. Contribuições para Administração moderna

4.5.1.1. Reduzir tempo de produção

4.5.1.2. Reduzir volume de estoque

4.5.1.3. Aumento da capacidade produtiva

4.5.2. ênfase em Especialização e produção em massa

4.5.3. Trabalho ritmado, coordenado e econômico

4.6. HENRY FAYOL ADM CLÁSSICA

4.6.1. Foco na estrutura organizacional - de cima pra baixo

4.6.2. PRINCÍPIOS

4.6.2.1. PREVER

4.6.2.2. ORGANIZAR

4.6.2.3. COMANDAR

4.6.2.4. COORDENAR

4.6.2.5. CONTROLAR

5. GESTÃO DE PESSOAS

5.1. MOTIVAÇÃO E LIDERANÇA

5.1.1. Incentivos

5.1.2. Programas internos de Desenvolvimedntos

5.2. RECOMPENSAR OS COLABORADORES

5.2.1. Bonificações

5.2.2. Participação de Lucros

5.2.3. Remuneração

5.2.4. Benefícios

5.3. AGREGAR PESSOAS

5.3.1. Recrutamento

5.3.2. Seleção

5.3.3. Métodos de Avaliação

5.4. DESENVOLVER O COLABORADOR

5.4.1. Treinamento

5.4.2. Capacitação

5.4.3. Aprendizagem

5.5. MONITORAMENTO DE PESSOAL

5.5.1. Banco de dados

5.5.2. Avaliações de Gestores

5.6. MOPP - Movimentação e Operação de Produtos Perigosos

5.7. AMBIENTES DE TRABALHO SEGURANÇA

5.7.1. SEGURANÇA

5.7.1.1. EPI - Equipamentos de Proteção Individual

5.7.1.2. Extintores de Intensivos

5.7.1.3. CIPA - Comuissão de Prevenção de Acidentes

5.7.2. HIGIENE

5.7.3. QUALIDADE DE VIDA

5.7.4. TRABALHO EM EQUIPE

6. Neoclássica

6.1. Surgiu com o crescimento dos novos modelos organizacionais

6.2. FUNÇÕES

6.2.1. PLANEJAR

6.2.1.1. PDCA Ferramenta de Controle

6.2.2. ORGANIZAR

6.2.3. DIRIGIR

6.2.4. CONTROLAR

6.3. A centralização e descentralização referem-se ao nível hierárquico no qual as decisões devem ser tomadas.

6.3.1. Centralização

6.3.1.1. Centralização é a forma como as decisões são tomadas.

6.3.2. Descentralização

6.3.2.1. A tomada de decisão o mais próximo possível de cada setor e, ou, órgão de execução.

7. Teorias da Burocracia e Estruturalista

7.1. È uma forma de organização humana, relacionada com a racionalidade, ou seja, as formas devem ser analisadas e estabelecidas de uma maneira formal e impessoal, com o objetivo de alcançar os fins pretendidos

7.1.1. As organizações burocráticas existem as comunicações escritas. Todas as regras e decisões constam em algum documento para que assim tenha uma validade formal.

7.2. Relações burocráticas são essencialmente autoritárias

7.3. Caracterizado especialmente por um sistema hierárquico e com divisão de responsabilidades.

7.3.1. Contudo, toda esfera administrativa serve para replicar a vontade da ideologia política, principalmente no setor público

7.4. MAX WEBER - Fundador da Sociologia moderna.

7.4.1. Percebeu que as empresas apesar de evoluírem, permaneciam sendo mal administradas, de forma Pessoal,

7.4.1.1. extrai as características da burocracia em três grupos

7.4.1.1.1. POUCA BUROCRACIA

7.4.1.1.2. EQUILIBRIO IDEAL

7.4.1.1.3. MUITA BUROCRACIA

7.5. Três Características da Burocracia

7.5.1. FORMALIDADE

7.5.2. IMPESSOALIDADE

7.5.3. PROFISSIONALISMO