Primavera dos povos

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Primavera dos povos por Mind Map: Primavera dos povos

1. França

1.1. França volta com a monarquia com o rei Carlos X, que monta um regime ditatorial contra seus opositores. Daí ele ficou extremamente revoltado e fechou a câmara. Só aí viram que esse cara era loucão e exilaram ele

1.1.1. Por causa desse reinado mais bagunçado que a minha vida escolar,entra um cara chamado Luís Felipe de Orleans, que de uma forma resumida: era um rei full elitista que desagradava o povão e fazia apenas as coisas de interesse da burguesia (que era minoria na frança)

1.1.1.1. Como forma de resposta a esse vácuo para o povão, a oposição (socialistas) criam a política dos banquetes, onde eles iam comer com o povão enquanto trocavam uma ideia e espalhavam suas ideias

1.1.1.1.1. O rei ficou mais revoltado que o Suplicy tomando enquadro dos pm, e proíbe esse movimento, o que deixou a sociedade bem brava. Daí o rei volta atrás e demite quem teve a ideia, mas não mudou nada

2. Prússia

2.1. Depois que Napoleão Bonaparte tacou o terror na Europa e veio o tratado de Viena, a Prússia ficou muito amiga dos estados germânicos, e ela estava ficando bastante forte economicamente, mas politicamente era um caos, sequer tendo uma constituição, e o Rei só tomou uma atitude depois de procrastinar um bom tempo (se até o rei da Prússia procrastina, por que eu não posso?)

2.1.1. Ele só parou de enrolar em 1848, onde a economia da Prússia tinha dado uma quebrada, e os comerciantes protestaram (não tão pacificamente) pedindo para o rei apoiar leis liberais e fazer a constituição a partir delas. Isso gerou uma leve discussão amigável entre os burgueses e operários que levou à um conflito armado.

2.1.1.1. Lembra que eu falei que o rei parou de enrolar? Então, ele primeiro controlou as rebeliões, sempre (obviamente) tirando a responsabilidade dos acontecimentos ruins dele. E em 1849 ele finalmente criou uma constituição, coisa que não acalmou os ânimos da população. Enquanto os burgueses queriam a unificação com os estados alemães, latifundiários e príncipes armavam uma contra-revolução.

2.1.1.1.1. Nesse mesmo ano, um parlamento formado em Frankfurt aumenta a liberdade política e acaba com os direitos feudais. Depois de idas e vindas, o governo decide que será uma Monarquia federal,Mas (como eu disse antes),latifundiários e príncipes armaram uma contra-revolução, que transformou o governo novamente como era antes. E mais uma vez, um estado nadou, nadou e nadou, mas morreu na praia

3. Hungria

3.1. Na Hungria as coisas começaram bem (ALELUIA PAI!) e os revolucionários passaram sua mensagem para toda a Hungria. Um dos movimentos chegou a tentar declarar um movimento separatista (parece até um lugar aqui do Brasil...).

3.1.1. Mas infelizmente não passou disso. Após os países vizinhos saberem dessa tentativa de separação, eles imediatamente invadiram a Hungria, pondo um fim a mais uma tentativa de instalação de um governo liberal

4. Áustria

4.1. A treta começa com a burguesia, que começa a espalhar os ideais liberais para todo o país, o que começa a fazer a popularidade do chanceler despencar. Só que caiu tanto, mas tanto que em 1848 fizeram uma marcha a favor das ideias liberais, mas foi tão louco que o chanceler quis sair dali

4.1.1. Com o chanceler dando a Áustria de graça para o povão, eles não pensaram duas vezes e instituíram um regime liberal. O imperador deu um migue e foi mantido, mas teve governar com um parlamento

4.1.1.1. Só que os liberais não aproveitaram bem a chance, e o príncipe Schwartzenberg (copiei esse nome difícil do slide mesmo, pq é impossível decorar) vira o novo chanceler. Ele fecha o parlamento e começa a caçar os liberais. E novamente, nadaram, nadaram e nadaram, mas morreram na praia

5. Itália

5.1. A Itália sempre foi incentivada a ser um estado liberal. Reis de estados importantes e até o papa espalhavam ideias liberais, mas ainda sim não deixou de ter conflitos por causa disso. Isso porque estados mais conservadores eram contra os ideais liberais, mas a revolução começou nesses estados. Reivindicações contra o poder dos reis conservadores foram iniciados na ilha de Sicília e em Nápoles.

5.1.1. Então em Janeiro de 1848, adotaram um governo temporário com uma nova constituição, já que manifestações parecidas estavam sendo registradas na Áustria, e os soldados estavam usando a violência contra os manifestantes.

5.1.1.1. Como você sabe, a Itália era um punhado de estados, então em cada estado a revolta aconteceu de um jeito diferente.. Em Florença, Turim e Roma, o rei já anunciava constituições para evitar essas manifestações, e em Lombardo-Vêneto, o GOVERNADOR FOI EXPULSO (você não leu errado!)

5.1.1.1.1. Mas ainda sim, deu ruim (sim, de novo). Forças armadas estrangeiras combateram os revolucionários e tudo voltou ao normal novamente, tendo apenas o reino de Piermonte Sardenha como liberal. Pelo menos essa revolução toda ajudou na unificação do país alguns anos depois