Mapa da Influência por Marco Enes

Mindmap da aula online

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Rocket clouds
Mapa da Influência por Marco Enes por Mind Map: Mapa da Influência por Marco Enes

1. Mais influência...

1.1. Cada palavra que você fala é uma afirmação de quem você é.

1.1.1. A sua reputação é formada por cada momento de interação com as pessoas

1.2. Programa do Mapa da Influência

1.2.1. Destravar o crescimento profissional e tornar-se um líder altamente valorizado

1.2.2. Como ser visto como líder e ter suas demandas atendidas prontamente

1.2.3. Como conseguir uma promoção, um novo emprego ou até mudar de área

1.2.4. Como lidar com pessoas difíceis e ter menos stress no trabalho

1.2.5. Como ser respeitado e ter o reconhecimento merecido pelo seu trabalho

1.2.6. Como ter mais auto-confiança e motivação no trabalho

2. Essa aula

2.1. 3 táticas essenciais que destravaram o meu crescimento profissional e passei a ser um líder altamente valorizado

2.2. Táticas para:

2.2.1. Lidar com pessoas difíceis

2.2.2. Ter mais reconhecimento pelo seu trabalho

2.2.3. Se destacar em uma entrevista de emprego

3. O que são as táticas de influência

3.1. Minha experiência

3.1.1. 12 anos em projetos de TI

3.1.2. Prestei serviços várias grandes empresas

3.1.2.1. Conecte-se comigo no Linkedin

3.1.2.2. https://br.linkedin.com/in/marcoenes/pt

3.1.3. Professor do PMI (Instituto de Gerenciamento de Projetos)

3.1.3.1. Há 5 anos formo gerentes de projetos

3.2. Problemas na carreira

3.2.1. Não conseguia uma promoção

3.2.1.1. Um colega foi promovido no meu lugar mesmo com menos conhecimento técnico que eu

3.2.2. Algumas pessoas difíceis me incomodavam muito

3.2.2.1. Isso prejudicava a minha reputação com meus colegas e me deixava frustrado

3.2.3. Tinha pouco reconhecimento pelo meu trabalho

3.2.3.1. Por mais que eu me esforçasse meu líder parecia não reconhecer o meu trabalho

3.2.4. Já tinha um ótimo conhecimento técnico

3.2.4.1. Mas via que outras pessoas com menos conhecimento que eu conseguiam melhores oportunidades

3.2.5. Mudar de empresa não resolveu o problema

3.2.5.1. Sempre encontrava as mesmas dificuldades

3.3. Descobri a peça que faltava numa sessão de mentoria

3.3.1. Balanço QI/QE

3.3.1.1. QI - Quoeficiente de Inteligência

3.3.1.2. QE - Quoeficiente Emocional

3.3.1.3. Muito conhecimento técnico não é mais suficiente

3.3.1.4. É preciso saber se posicionar nas diversas situações do dia-a-dia no trabalho e ser um verdadeiro líder

3.3.1.5. "O ingrediente mais importante na fórmula do sucesso é saber como lidar bem com as pessoas." - Theodore Roosevelt

3.4. Criei o Mapa da Influência

3.4.1. Táticas de comunicação simples e eficazes

3.4.1.1. Usam técnicas de influência pessoal

3.4.1.2. Apoiadas em inteligência emocional

3.4.2. "Receitas" para usar nas diversas situações do dia-a-dia no trabalho

3.4.3. Essa aula contém algumas táticas simples para você usar a partir de agora

4. Princípios

4.1. Como lidar com pessoas difíceis

4.1.1. Não morda a isca

4.1.1.1. Pessoas difíceis apresentam o comportamento que as tornam difíceis com pessoas que reagem ao seu comportamento, de forma que as faça sentir melhor.

4.1.1.1.1. Ficar tenso e se justificar quando recebemos uma reclamação

4.1.1.1.2. Ficar nervoso e devolver na mesma moeda

4.1.1.1.3. Evitar a situação e simplesmente não confrontar a pessoa difícil é igualmente prejudicial.

4.1.1.2. Quando não mordemos a isca, não reagimos de forma a validar o comportamento da outra pessoa.

4.1.1.2.1. Dê uma resposta precisa que demonstre um estado de controle emocional

4.1.2. O que é recompensado é repetido

4.1.2.1. Uma pessoa difícil apresenta uma característica que as torna difícil, e o que faz ela apresentar o mesmo comportamento repetidas vezes é a reação que elas recebem de volta das outras pessoas que reafirmam o estado em que estão.

4.1.2.1.1. Toda vez que damos uma resposta no mesmo estado emocional que a pessoa difícil, essa pessoa vai continuar demonstrando o mesmo comportamento conosco, pois a estamos recompensando pelo comportamento dela.

4.1.2.2. Se uma pessoa difícil encontra alguém que dá uma resposta inesperada, que não reafirma o estado em que está, essa pessoa perde a sua "recompensa" e aprende que essa atitude não funciona com você.

4.1.2.2.1. Você não pode mudar como as pessoas são, mas pode treiná-las a como elas devem te tratar.

4.1.3. Use o disco arranhado

4.1.3.1. Muitas vezes as pessoas difíceis, quando percebem que não obtiveram de você a reação que os "recompensa", irão forçar um pouco mais para tentar extrair essa reação.

4.1.3.1.1. Antes de melhorar, piora. Mas você precisa passar por essa etapa.

4.1.3.2. Não ceda em momento algum, pois você estará mordendo a isca.

4.1.3.2.1. Não mude seu posicionamento, pois se der um pouco de abertura mudando o seu discurso, a pessoa difícil pode entender que se ela forçar ainda mais vai conseguir chegar onde ela quiser.

4.1.3.3. Re-aplique as táticas de como lidar com as pessoas difíceis repetidamente até que a outra pessoa desista do comportamento difícil contigo.

4.1.3.4. ex: estacionamento de carros rebocados

4.1.4. Pergunta holofote

4.1.4.1. Revela a verdadeira intenção da pessoa, colocando-a sob o holofote, e vira a situação contra ela mesma.

4.1.4.2. Use com pessoas passivo-agressivo (pessoas sniper)

4.1.4.2.1. Pessoas que querem te agredir mas não diretamente

4.1.4.2.2. Não deixe de confrontar a pessoa, pois o que é recompensado é repetido

4.1.4.3. Faça uma pergunta começando com "Você está tentando..."

4.1.4.3.1. Ex: "Você está tentando dizer que minha idéia não é boa?"

4.1.4.3.2. Isso coloca o foco na outra pessoa e faz ela ter que se explicar. A partir daí você ganhou o controle da situação.

4.1.4.3.3. Pratique o início da frase várias vezes (no espelho) para que soe natural ao falar com alguém.

4.1.4.3.4. Geralmente a pessoa vai ser pega de surpresa e negar.

4.1.4.3.5. Se a pessoa responder agressivamente, use uma pergunta de força

4.2. Como obter mais reconhecimento pelo seu trabalho

4.2.1. Alinhe suas metas com a de seu gestor

4.2.1.1. Evite "colocar parafuso na parede usando um martelo"

4.2.1.1.1. Entenda quais são os desafios que o seu líder enfrenta e defina onde você pode ajudá-lo.

4.2.1.2. Saiba pedir feedback para o seu gestor para entender suas necessidades e para atrair a atenção dele para o seu trabalho

4.2.1.2.1. Faça isso constantemente para ajustar a direção dos resultados do seu trabalho de forma a alinhar com os mesmos objetivos do seu gestor.

4.2.2. O pescador de feedback

4.2.2.1. Use para atrair a atenção do seu superior para o seu trabalho e saber que direção ele espera disso

4.2.2.1.1. Use para mostrá-lo(a) que está empenhado em fazer um bom trabalho e ganhar reconhecimento

4.2.2.1.2. Aproveite para ter uma métrica se está no caminho certo e ajustar a direção para ter ainda mais reconhecimento

4.2.2.2. 3 passos

4.2.2.2.1. Peça a opinião por algo

4.2.2.2.2. Agradeça o feedback

4.2.2.2.3. Faça uma pergunta sobre melhoria

4.3. Como se destacar em uma entrevista de emprego

4.3.1. O seu CV te levou até a entrevista

4.3.1.1. Se você foi convidado para uma entrevista de emprego é porque o seu CV já passou pela seleção

4.3.1.2. Um dos maiores erros é achar que a entrevista é "somente" para detalhar sua experiência

4.3.1.3. O gestor da vaga quer conhecer a pessoa com quem ele vai trabalhar na empresa

4.3.2. Evite a "síndrome da consulta médica"

4.3.2.1. Depois de entrevistar muita gente percebi que um grupo de pessoas se comporta na entrevista como se estiver numa consulta médica.

4.3.2.1.1. O "paciente" fica esperando o entrevistador fazer as perguntas e as responde como se estivesse numa consulta médica

4.3.2.2. Você está ali na posição de vendedor

4.3.2.2.1. O entrevistador quer decidir se "compra" o seu serviço ao invés de seu concorrente

4.3.3. Super poder na entrevista

4.3.3.1. O seu super poder é o seu diferencial em relação aos demais candidatos. O que te faz ser um ponto fora da curva

4.3.3.1.1. Qual a sua característica que faz você ter um resultado acima da média?

4.3.3.2. A característica de poder é uma habilidade sua que te permite resolver uma forte dor comum na sua área

4.3.3.2.1. Forte dor: Quais as situações que causam mais problemas no trabalho dentro da sua área de atuação?

4.3.3.2.2. Dor comum: O problema que você sabe resolver é algo que ocorre frequentemente na sua área? (Isso vai aumentar a chance de você acertar na dor do gestor)

4.3.3.2.3. Na sua área: dentro do seu papel (e vaga oferecida) qual a característica que é um destaque entre os demais profissionais dessa área?

4.3.3.3. Exemplos

4.3.3.3.1. Ex: Como gerente de projetos eu desenvolvi a habilidade de negociar escopo com clientes difíceis e com isso eu consegui fazer com que meus projetos não atrasassem e isso aumentou a satisfação do cliente

4.3.3.3.2. Ex: Como analista de negócio eu desenvolvi uma boa percepção do que o cliente realmente precisa, que é diferente do que ele pede, e por isso eu consigo gerar especificações de requisitos que gerem mais valor para o negócio

4.3.3.3.3. Ex: Como programador eu fiquei bom em aplicar TDD então as minhas entregas geralmente são entregues no prazo pois não geram retrabalho